Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Novas tempestades podem atingir Rondônia, alerta CPTEC/INPE


 
As condições de severidade no tempo voltam a preocupar as autoridades. Segundo o centro de pesquisas, as possibilidades de tempo severo, com novos vendavais são grandes em Rondônia a partir desta sexta-feira.

Daniel Panobianco – O último e mais forte vendaval de que se tem registro ao atingir diversos municípios de Rondônia de uma só vez – 41 ao todo – ainda deixa marcas em algumas cidades. Em Ariquemes, a reconstrução do hangar do aeroporto destruído no último dia 10 já começou, mas muitas outras obras ainda pendem devido à falta de materiais.

Os moradores, aqueles que viram os estragos de perto e tiverem prejuízos, agora estão mais atentos à previsão do tempo, principalmente quando o prognóstico não é animador.

Na tarde desta quinta-feira, o GPT (Grupo de Previsão de Tempo) do CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de Cachoeira Paulista-SP, lançou alerta especial a diversas áreas do Brasil, que podem registrar tempo severo e consequentemente transtornos à população já a partir desta sexta-feira. Em Rondônia, os meteorologistas do CPTEC/INPE - cientes da última tempestade de poucos dias atrás, que teve pouco grau de previsibilidade - lançaram um alerta especial, pois a situação em que se encontram a atmosfera e os dados recentes dos modelos numéricos, não deixam dúvidas; Há risco elevado de novas tempestades, com vendavais novamente em solo rondoniense.

O alerta do CPTEC/INPE, também é repassado a SEDEC (Secretaria Nacional de Defesa Civil), que encaminha às Defesas Civis locais, os dados de extremos esperados e previstos.

Segue abaixo, na integra, o boletim de alerta do CPTEC/INPE:


"Temporais entre Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país


Estado de Atenção

A partir da sexta-feira (19/09), haverá condições para temporais entre o oeste e noroeste do RS, oeste de SC e do PR e sul de MS. Esta instabilidade deslocar-se-á da Argentina e deverá atuar principalmente no MS. Nas áreas da Região Sul, a atuação deverá ser mais no final do dia. Na madrugada de sábado (20/09), as condições para temporais persistem no oeste da Região sul e no sul de MS e estendem-se para as demais áreas de SC, centro do PR, centro e norte do RS e centro oeste e norte de MS. No oeste do RS, as chuvas diminuem já pela manhã. No sul do RS e demais áreas do PR, além do leste de MS e centro-oeste de SP, haverá condições para pancadas de chuva e temporais localizados, no decorrer do dia. Esta instabilidade está associada a formação e ao deslocamento de um sistema frontal. A partir da tarde, está condição para pancadas fortes de chuva também poderá atingir as demais áreas de SP, incluindo a capital paulista e o Vale do Paraíba. Também poderá ocorrer pancadas fortes de chuva entre sul de GO e interior de MT (principalmente sul e oeste). No domingo (21/09), persiste a condição para chuvas significativas entre norte e nordeste de SP, MT (principalmente centro-leste e oeste), e interior de GO (principalmente centro, leste e oeste) e DF (no final do dia). Poderá voltar a chover forte no centro-sul de MG. Entre o domingo e a segunda-feira (22/09).

O deslocamento da frente fria causará também queda nas temperaturas, principalmente nas temperaturas máximas. No sábado (20/09), as temperaturas máximas ficarão em torno de 20 graus na Região sul e até mais baixas entre SC e PR. No domingo (21/09), espera-se queda nas temperaturas máximas em SP, principalmente no leste do Estado onde não deverão passar dos 20 graus. E no MS, MT e RO, as temperaturas máximas também deverão ficar baixas, com queda de até 12 graus. No sul de RONDÔNIA, a temperatura máxima deverá ficar em torno de 20 graus no domingo.

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.


Defesa Civil"

Como a severidade do tempo é muito difícil de se prever na Amazônia, os meteorologistas do CPTEC/INPE têm o cuidado de preparar boletins regionais com maiores detalhes em seus alertas:

"Chuvas fortes localizadas na Região Norte e parte do Centro-Oeste


Estado de Atenção

Na quinta-feira (18/09) permanece a condição para chuva forte no AM (principalmente no centro e norte) e em RR.

Na sexta-feira (19/09), deverá ocorrer pancadas fortes de chuva entre centro-norte, leste e sudeste do AM, centro-oeste e sul do PA e norte e leste de MT.

No sábado (20/09), persistem as condições para pancadas fortes de chuva entre centro-sul e leste do AM, AC, RO, sul e oeste do PA e norte e oeste de MT.


GPT

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.

Defesa Civil"

Como há previsão de tempo severo, com possibilidade de novos vendavais, a população deve ficar atenta às mudanças do tempo e evitar possíveis locais, sem proteção resistente. Em caso de emergência, o telefone dos Bombeiros, 193 está à disposição nas respectivas cidades.

A mudança no tempo já começou, com células profundas no extremo norte de Mato Grosso, a mesma região onde se formou a última onda de tempestades que atingiu Rondônia no dia 10.

Dados: CPTEC/INPE
Fonte: De olho no tempo

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre