Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Novas tempestades podem atingir Rondônia, alerta CPTEC/INPE


 
As condições de severidade no tempo voltam a preocupar as autoridades. Segundo o centro de pesquisas, as possibilidades de tempo severo, com novos vendavais são grandes em Rondônia a partir desta sexta-feira.

Daniel Panobianco – O último e mais forte vendaval de que se tem registro ao atingir diversos municípios de Rondônia de uma só vez – 41 ao todo – ainda deixa marcas em algumas cidades. Em Ariquemes, a reconstrução do hangar do aeroporto destruído no último dia 10 já começou, mas muitas outras obras ainda pendem devido à falta de materiais.

Os moradores, aqueles que viram os estragos de perto e tiverem prejuízos, agora estão mais atentos à previsão do tempo, principalmente quando o prognóstico não é animador.

Na tarde desta quinta-feira, o GPT (Grupo de Previsão de Tempo) do CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de Cachoeira Paulista-SP, lançou alerta especial a diversas áreas do Brasil, que podem registrar tempo severo e consequentemente transtornos à população já a partir desta sexta-feira. Em Rondônia, os meteorologistas do CPTEC/INPE - cientes da última tempestade de poucos dias atrás, que teve pouco grau de previsibilidade - lançaram um alerta especial, pois a situação em que se encontram a atmosfera e os dados recentes dos modelos numéricos, não deixam dúvidas; Há risco elevado de novas tempestades, com vendavais novamente em solo rondoniense.

O alerta do CPTEC/INPE, também é repassado a SEDEC (Secretaria Nacional de Defesa Civil), que encaminha às Defesas Civis locais, os dados de extremos esperados e previstos.

Segue abaixo, na integra, o boletim de alerta do CPTEC/INPE:


"Temporais entre Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país


Estado de Atenção

A partir da sexta-feira (19/09), haverá condições para temporais entre o oeste e noroeste do RS, oeste de SC e do PR e sul de MS. Esta instabilidade deslocar-se-á da Argentina e deverá atuar principalmente no MS. Nas áreas da Região Sul, a atuação deverá ser mais no final do dia. Na madrugada de sábado (20/09), as condições para temporais persistem no oeste da Região sul e no sul de MS e estendem-se para as demais áreas de SC, centro do PR, centro e norte do RS e centro oeste e norte de MS. No oeste do RS, as chuvas diminuem já pela manhã. No sul do RS e demais áreas do PR, além do leste de MS e centro-oeste de SP, haverá condições para pancadas de chuva e temporais localizados, no decorrer do dia. Esta instabilidade está associada a formação e ao deslocamento de um sistema frontal. A partir da tarde, está condição para pancadas fortes de chuva também poderá atingir as demais áreas de SP, incluindo a capital paulista e o Vale do Paraíba. Também poderá ocorrer pancadas fortes de chuva entre sul de GO e interior de MT (principalmente sul e oeste). No domingo (21/09), persiste a condição para chuvas significativas entre norte e nordeste de SP, MT (principalmente centro-leste e oeste), e interior de GO (principalmente centro, leste e oeste) e DF (no final do dia). Poderá voltar a chover forte no centro-sul de MG. Entre o domingo e a segunda-feira (22/09).

O deslocamento da frente fria causará também queda nas temperaturas, principalmente nas temperaturas máximas. No sábado (20/09), as temperaturas máximas ficarão em torno de 20 graus na Região sul e até mais baixas entre SC e PR. No domingo (21/09), espera-se queda nas temperaturas máximas em SP, principalmente no leste do Estado onde não deverão passar dos 20 graus. E no MS, MT e RO, as temperaturas máximas também deverão ficar baixas, com queda de até 12 graus. No sul de RONDÔNIA, a temperatura máxima deverá ficar em torno de 20 graus no domingo.

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.


Defesa Civil"

Como a severidade do tempo é muito difícil de se prever na Amazônia, os meteorologistas do CPTEC/INPE têm o cuidado de preparar boletins regionais com maiores detalhes em seus alertas:

"Chuvas fortes localizadas na Região Norte e parte do Centro-Oeste


Estado de Atenção

Na quinta-feira (18/09) permanece a condição para chuva forte no AM (principalmente no centro e norte) e em RR.

Na sexta-feira (19/09), deverá ocorrer pancadas fortes de chuva entre centro-norte, leste e sudeste do AM, centro-oeste e sul do PA e norte e leste de MT.

No sábado (20/09), persistem as condições para pancadas fortes de chuva entre centro-sul e leste do AM, AC, RO, sul e oeste do PA e norte e oeste de MT.


GPT

Em situações de risco consulte a Defesa Civil.

Defesa Civil"

Como há previsão de tempo severo, com possibilidade de novos vendavais, a população deve ficar atenta às mudanças do tempo e evitar possíveis locais, sem proteção resistente. Em caso de emergência, o telefone dos Bombeiros, 193 está à disposição nas respectivas cidades.

A mudança no tempo já começou, com células profundas no extremo norte de Mato Grosso, a mesma região onde se formou a última onda de tempestades que atingiu Rondônia no dia 10.

Dados: CPTEC/INPE
Fonte: De olho no tempo

 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat