Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Mundo perde 10 hectares de árvore a cada minuto



Agência Efe

O mundo perdeu uma média de 4,9 milhões de hectares por ano no período entre 1990 e 2005, sendo que isso equivale a 10 hectares por minuto, aponta um estudo baseado em imagens de satélite divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura. O levantamento destaca ainda que, em 2005, a área florestal do planeta era de 3,6 bilhões de hectares, ou seja, 30% da superfície terrestre.

No entanto, desde 1990, essa área diminuiu 72,9 milhões de hectares, e outra conclusão do estudo é que a perda de área verde se acelerou com o passar do tempo, já que foi de 4,1 milhões de hectares ao ano, entre 1990 e 2000, para 6,4 milhões de hectares entre 2000 e 2005. Os novos dados também indicam que a taxa de desmatamento mundial, baseada fundamentalmente na conversão de florestas tropicais em áreas agrícolas, ficou em 14,5 milhões de hectares ao ano de 1990 a 2005.

"O desmatamento está privando milhões de pessoas de bens e serviços florestais decisivos para a segurança alimentar, o bem-estar econômico e a saúde ambiental", advertiu o diretor-geral adjunto do Departamento Florestal da FAO, Eduardo Rojas. O diretor comentou que as novas tecnologias dos satélites possibilitam um estudo mais eficiente da evolução das florestas do mundo, ressaltando a necessidade dos países resolverem "com urgência a perda de valiosos ecossistemas florestais".

O estudo também evidência as "notáveis diferenças regionais" no desmatamento. Entre 1990 e 2005, a perda de florestas foi maior nas zonas tropicais, onde quase metade das áreas verdes já foi perdida. A maior taxa de desmatamento ocorreu na América do Sul, seguida da África. Apesar de ter ocorrido desmatamento em todas as regiões, a Ásia foi o único continente que ganhou novas áreas verdes, em consequência da extensiva plantação registrada em vários países.

Nas zonas subtropicais, temperadas e boreais, o estudo registrou um pequeno aumento da superfície florestal durante os 15 anos do período de estudo. Segundo a FAO, os novos resultados são de grande importância para os países elaborarem suas políticas de uso da terra e prevenção ao desmatamento

Fonte: Rádio Jovem Pan com informações da Agência EFE

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir