Porto Velho (RO) sábado, 23 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Mudas são plantadas por estudantes em Porto Velho


Como parte das atividades de encerramento da 3ª Semana Nós Ambiente (Sena), promovida pela Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, alunos da rede pública de ensino realizaram um plantio participativo em uma Área de Preservação Permanente (APP), entre as Avenidas Calama e Abunã.

Durante a ação foram plantadas aproximadamente 100 mudas nas margens do Canal dos Tanques, espécies como jatobá, tento, moringa, cacau, ipê-roxo e angelim de saia. "O nosso projeto está sendo executado em etapas. A primeira é os igarapés, em seguida serão os espaços públicos e por fim as avenidas do centro. São espécies nativas e exóticas habitáveis ao clima de Porto Velho, um clima amazônico. Este é um processo tecnicamente embasado que com certeza vai deixar nossa cidade mais bonita com mais qualidade de vida", comentou Edjales Benício, secretário da Sema, ao explicar a escolha dos tipos plantados.

Todas as mudas são oriundas do viveiro municipal, que hoje tem capacidade de produção de mais de 50 mil mudas de 60 espécies. “A nossa meta é fazer com que o viveiro produza anualmente quatrocentas mil unidades”, completou.

A proposta de fechar a Sena com o plantio envolvendo estudantes teve como objetivo a educação ambiental e uma reflexão sobre a importância da arborização. Vitória Silva, de 15 anos, recebeu toda a orientação necessária dos técnicos da Sema para fazer o plantio de forma correta. Para a estudante, uma pequena colaboração para o meio ambiente. “Eu achei muito interessante, aprendi na prática como lidar com a natureza”, disse a adolescente.

A Secretaria trabalha para plantar até o final do ano 16 mil árvores, mas o principal desafio é a evolução das mudas. “Infelizmente temos uma perda de 40% das mudas plantadas por vandalismo, a ideia é formar uma nova geração de portovelhenses que tenham consciência sobre os benefícios para todos”, comentou Edjales.

Fonte:  Renata Beccári

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir