Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Moreira reforça luta de produtores por melhores condições para a produção do milho



Em um de seus primeiros compromissos depois do recesso parlamentar, o deputado Moreira Mendes (PPS) participou hoje, em Brasília, de uma reunião com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, para discutir a situação da produção de milho no estado de Rondônia. Acompanhado de representantes de entidades ligadas à agricultura, especialmente da região do cone sul, o deputado defendeu a inclusão do estado no sistema de compra futura de grãos da CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento e a equiparação do preço mínimo do milho ao praticado nos demais estados da região Norte.

Moreira explicou ao ministro que os produtores de milho rondonienses querem o mesmo tratamento dado hoje aos produtores de Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Paraná, onde o preço mínimo é de R$ 19,00 para a saca de 60 quilos. O secretário executivo do Sindicato dos Produtores Rurais de Vilhena, Evandro Padovani, reforçou a defesa dos produtores lembrando que o custo da produção de milho no estado é muito alto. “Estamos pagando para produzir. A logística nossa é diferente. Por isso é que pleiteamos que seja praticado em Rondônia o mesmo preço dos outros estados do Norte”, disse ele.

O deputado Moreira Mendes - que já havia solicitado, por ofício, esses benefícios ao ministro Reinhold Stephanes ainda em março deste ano - ressaltou que não é compreensível nem aceitável que Rondônia continue, sistematicamente, sendo excluído e alijado das práticas relacionadas aos preços e formas de comercialização com garantia nos contratos futuros de leilões promovidos pela CONAB. “Este é um assunto muito importante para o nosso estado. Por isso é que desde o início venho apoiando essa luta dos produtores. É uma questão que precisa ser analisada com a devida atenção e urgência, pois os produtores de milho de Rondônia não são inferiores a ninguém, e, portanto, necessitam dos mesmos incentivos do governo para continuar produzindo”, afirmou.

Além do deputado Moreira Mendes, também participaram da reunião o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Valdir Colatto (PMDB-SC); o gerente regional da Emater, Sorival Lima; o secretário estadual de agricultura, Carlos Magno; e os representantes do Sindicato dos Produtores Rurais de Vilhena, Evandro Padovani e Jaime Maximino Bagattolli.

Fonte: Claudivan Santiago

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir