Porto Velho (RO) sábado, 23 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Moreira Mendes comemora fim das exigências ao café rondoniense


O deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO) comemorou a decisão do Ministério da Agricultura de reclassificar os municípios rondonienses como áreas aptas para o plantio de café sem irrigação. A medida vai possibilitar que os produtores tenham acesso aos financiamentos de custeio da safra 2007/2008 e, segundo ele, é mais uma importante conquista do setor. O deputado lembra que tudo começou com a aprovação de um requerimento de sua autoria que possibilitou a ida da Comissão de Agricultura da Câmara a Rondônia, no mês de julho. Os deputados estiveram em Ji-Paraná numa grande reunião de trabalho que discutiu o endividamento rural e a problemática do café, entre outros assuntos. "Esse foi um fato inédito, a primeira vez que a Comissão da Agricultura foi ao estado de Rondônia. E lá (em Ji-Paraná) tivemos duas proposições muito claras: a questão do leite – com a prorrogação da Instrução Normativa 51, já consolidada – e o financiamento para o café", afirmou.

Para o deputado, as exigências do Ministério da Agricultura constantes na portaria 248/06, que condicionou os financiamentos ao plantio irrigado, eram o mais completo absurdo, haja vista que o estado de Rondônia tem um regime muito firme de chuvas e toda a cafeicultura local é baseada na pequena propriedade. "A medida dificultou muito a vida dos produtores", avaliou. A presença da Comissão no estado, a reunião com os produtores em Ji-Paraná e todo o trabalho de articulação em Brasília, avalia Moreira Mendes, foram decisivos para que o Ministério da Agricultura revogasse a portaria, a exemplo do que fez com a Instrução Normativa 51.

Ao comemorar a notícia, o deputado aproveitou para conclamar os produtores a procurarem os bancos oficiais (Banco do Brasil e Basa) para obterem o custeio da safra, lembrando, porém, que continua sua luta para resolver o problema do endividamento rural e liberar os recursos para a aquisição dos tanques de resfriamento de leite. "Fico feliz em saber que esse trabalho tenha começado com o meu requerimento", finalizou.

Fonte: Claudivan Santiago

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir