Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Moreira Mendes comemora fim das exigências ao café rondoniense


O deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO) comemorou a decisão do Ministério da Agricultura de reclassificar os municípios rondonienses como áreas aptas para o plantio de café sem irrigação. A medida vai possibilitar que os produtores tenham acesso aos financiamentos de custeio da safra 2007/2008 e, segundo ele, é mais uma importante conquista do setor. O deputado lembra que tudo começou com a aprovação de um requerimento de sua autoria que possibilitou a ida da Comissão de Agricultura da Câmara a Rondônia, no mês de julho. Os deputados estiveram em Ji-Paraná numa grande reunião de trabalho que discutiu o endividamento rural e a problemática do café, entre outros assuntos. "Esse foi um fato inédito, a primeira vez que a Comissão da Agricultura foi ao estado de Rondônia. E lá (em Ji-Paraná) tivemos duas proposições muito claras: a questão do leite – com a prorrogação da Instrução Normativa 51, já consolidada – e o financiamento para o café", afirmou.

Para o deputado, as exigências do Ministério da Agricultura constantes na portaria 248/06, que condicionou os financiamentos ao plantio irrigado, eram o mais completo absurdo, haja vista que o estado de Rondônia tem um regime muito firme de chuvas e toda a cafeicultura local é baseada na pequena propriedade. "A medida dificultou muito a vida dos produtores", avaliou. A presença da Comissão no estado, a reunião com os produtores em Ji-Paraná e todo o trabalho de articulação em Brasília, avalia Moreira Mendes, foram decisivos para que o Ministério da Agricultura revogasse a portaria, a exemplo do que fez com a Instrução Normativa 51.

Ao comemorar a notícia, o deputado aproveitou para conclamar os produtores a procurarem os bancos oficiais (Banco do Brasil e Basa) para obterem o custeio da safra, lembrando, porém, que continua sua luta para resolver o problema do endividamento rural e liberar os recursos para a aquisição dos tanques de resfriamento de leite. "Fico feliz em saber que esse trabalho tenha começado com o meu requerimento", finalizou.

Fonte: Claudivan Santiago

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

Você sabe o que são os famosos créditos de carbono? E como eles funcionam, você sabe? Na série especial “Carbono: desafios e oportunidades” recebemos

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

O Grupo de Pesquisa de Recuperação de Ecossistemas e Produção Florestal, coordenado pelas Dra. Kenia Michele de Quadros e Dra. Karen Janones da Roch

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pau-de-balsa é uma espécie florestal nativa da Amazônia e já é utilizada de forma artesanal na Colômbia para extração de ouro.Agora, cinco instituiçõ

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)