Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Marina Silva destaca certificação de madeira


 Amanda Mota
Agência Brasil

Manaus - A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, defendeu hoje (21), em Manaus, a utilização de madeira certificada para a fabricação de móveis e artefatos em geral como forma de garantir a sustentabilidade desejada ao meio ambiente do país. Ela destacou o empenho do governo brasileiro nesse sentido e disse que a aprovação da Lei de Gestão de Florestas Públicas e a criação do Serviço Florestal Brasileiro e do Instituto Chico Mendes foram passos dados rumo à promoção do manejo e da certificação florestal no Brasil.

"Quando assumimos em 2003, existiam cerca de 300 mil hectares de floresta certificada. Hoje já são 3 milhões de hectares de floresta certificada. Queremos fazer com que todos os que utilizam a madeira, desde os pequenos artefatos até grandes construções, trabalhem com madeira que seja oriunda de um manejo florestal adequado para que ela possa ser certificada", afirmou. Cada hectare corresponde à área de a um campo de futebol.

Marina Silva esteve na capital amazonense para conhecer o trabalho de instituições que utilizam madeira certificada em sua rotina de trabalho, como a Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (Oela) – organização não-governamental que, desde 1998, ensina jovens carentes da zona leste de Manaus a fabricar instrumentos musicais de corda. Por meio do curso básico de lutheria, meninos e meninas aprendem a fazer esse tipo de construção com a utilização de madeiras certificadas pelo selo verde FSC (sigla em inglês, que em português significa Conselho de Manejo Florestal), oriundas de áreas de manejo florestal.

Para a ministra, o saber do homem amazônico e das populações tradicionais devem ser levados em consideração e tomados como exemplo. "O mercado está cada vez mais exigente no diz respeito às questões sociais e ambientais. O empreendedor deve se sentir acolhido por uma estrutura que viabilize o seu empreendimento com sustentabilidade ambiental, social, econômica e principalmente cultural. Aqui na Amazônia nós precisamos envolver cada vez mais pessoas da região e comunitários porque eles têm saberes associados a essa floresta e à biodiversidade, e mais do que nunca podem nos ensinar como está sendo feito o trabalho ecologicamente adequado, como na Oela", complementou.

O Conselho de Manejo Florestal (FSC) foi criado visando à conservação ambiental e ao desenvolvimento sustentável das florestas em todo o mundo. O conselho criou um conjunto de regras reconhecidas internacionalmente que conciliam as salvaguardas ecológicas com os benefícios sociais e a viabilidade econômica. O Conselho Brasileiro de Manejo Florestal foi criado em 2001.

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto