Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Investimento de R$ 180 milhões deixa Porto Velho ambientalmente correta e preparada para o futuro

População ganha com sustentabilidade e mais qualidade de vida


A Parceria Público-Privada é na modalidade concessão administrativa - Gente de Opinião
A Parceria Público-Privada é na modalidade concessão administrativa

Porto Velho não ganha somente a coleta e a destinação correta dos resíduos sólidos com a chegada da EcoRondônia, empresa que operacionaliza os serviços por meio de um contrato de Parceria Público-Privada com a Prefeitura, na modalidade concessão administrativa, por um período de 20 anos. O investimento inicial da empresa é de R$ 180 milhões para executar os serviços de implantação, manutenção, limpeza urbana, coleta, reciclagem e descarte final correto dos resíduos que forem recolhidos na capital e nos distritos, conforme preconiza a legislação.

“Ganho maior a cidade terá em sustentabilidade, que é o respeito ao meio ambiente e, consequentemente, em melhor qualidade de vida para as pessoas, especialmente quem mora nas comunidades ribeirinhas, que pela primeira vez passa a usufruir desse benefício”, explica Cleberson Pacheco, titular da secretaria Municipal de Saneamento e Serviços Básicos (Semusb).

VILA PRINCESA

Contrato ainda prevê a entrega de ecopontos e Centros de Educação Ambiental Contrato ainda prevê a entrega de ecopontos e Centros de Educação Ambiental

O dinheiro também será investido no reordenamento ambiental (recuperação) de toda área onde funcionava o ‘lixão’ na Vila Princesa, implantação de moderno centro de tratamento e transformação de resíduos e aparelhamento da cooperativa de catadores, através do Centro de Triagem.

Pacheco informa que outra parte dos recursos será utilizada na substituição da unidade de tratamento dos resíduos da saúde (lixo hospitalar), com capacidade para atender até duas toneladas ao dia, implantação de moderna usina de compostagem do material coletado, destinação e transformação de resíduos.

“Nossa cidade fica mais limpa, de forma ambientalmente correta e preparada para o futuro, já que a estimativa é coletar 11 mil toneladas por mês”, completou o secretário da Semusb.

ECOPONTOS



Expectativa é a geração de 300 empregos diretos Expectativa é a geração de 300 empregos diretos


O contrato com a Prefeitura de Porto Velho ainda prevê a entrega de ecopontos, Centros de Educação Ambiental e programa de educação ambiental para ensinar a importância da reciclagem à população, aterro sanitário ambientalmente responsável e unidade de triagem de objetos sólidos, entre outros.

Em toda história de Porto Velho, esse é o maior volume de recursos aplicados no setor, com expectativa de geração de 300 empregos diretos e retorno para o município em forma de desenvolvimento econômico.

EQUIPAMENTOS

Faz parte dos investimentos a aquisição de 84 equipamentos novos como escavadeiras, caminhões, tratores, caçambas estacionárias, voadeiras, balsas e rebocadores.

“A Prefeitura está dando um grande e importante passo para ter uma gestão inovadora dos resíduos com vários investimentos. E tudo isso com menos custos, ou seja, economia para os cofres públicos”, finalizou o secretário.

Gente de OpiniãoDomingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Prefeitura de Porto Velho inicia construção de poços artesianos para atender comunidades ribeirinhas

Prefeitura de Porto Velho inicia construção de poços artesianos para atender comunidades ribeirinhas

Em busca de minimizar o problema de falta de água ocasionado pelo período de estiagem, a Prefeitura de Porto Velho, através da Superintendência de I

Estratégias de monitoramento do Governo de RO revelam presença de espécie rara em reserva estadual

Estratégias de monitoramento do Governo de RO revelam presença de espécie rara em reserva estadual

Atividades de monitoramento capturaram imagensCom o objetivo de ressaltar a eficácia das estratégias de monitoramento e conservação implementadas nas

Medidas de enfrentamento à crise hídrica são iniciadas pelo Porto de Porto Velho

Medidas de enfrentamento à crise hídrica são iniciadas pelo Porto de Porto Velho

A Sociedade de Portos e Hidrovias de Rondônia (Soph) está monitorando a situação da seca no Rio Madeira, para garantir a operação de qualidade no Po

Gente de Opinião Domingo, 23 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)