Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Governo classifica empresa brasileira na licitação para o manejo sustentável da Flona do Jamari



Única classificada no primeiro processo aberto pelo Ministério do Meio Ambiente para a concessão pública de uma área florestal do Brasil, a AMATA S.A. é um empreendimento inteiramente brasileiro, fruto da associação de brasileiros com atuação reconhecida internacionalmente no desenvolvimento de projetos de manejo sustentável de florestas.

A empresa planeja investir na exploração de 46 mil hectares da Floresta Nacional (Flona) Jamari, em Rondônia, promovendo a colheita sustentável de madeira e de óleos, essências, fibras e raízes.

A AMATA foi criada em 2005 sob a crença, partilhada por seus três sócios fundadores, de que é possível gerir florestas naturais e plantadas com tecnologias que garantam exploração econômica, social e ambientalmente consistentes.

Etel Carmona é conhecida em todo o Brasil e fora do país pelo trabalho que desenvolve há 20 anos com madeiras nativas. Seus móveis e acessórios de decoração de design brasileiro exclusivo são encontrados nas principais capitais do mundo, têm certificação internacional e são exemplo da máxima agregação de valor que um produto madeireiro pode ter.

Um de seus empreendimentos, a Aver Amazônia, que ela iniciou em 2000, compra madeira certificada e resíduos de madeira da Associação dos Moradores do Projeto de Assentamento Extrativista Chico Mendes (Seringal Cachoeira), em Xapuri, no Acre. Jovens da comunidade transformam essa matéria-prima em objetos exportados para vários países e geradores de emprego e renda na reserva.

Roberto Waack, por sua vez, foi o responsável por lançar e gerir por cinco anos o que é hoje o maior projeto de manejo florestal tropical certificado do mundo, integrado a uma das maiores plantações de eucalipto do país. O trabalho lhe valeu a indicação para o board do Internacional do Forest Stewardship Council (FSC), do qual atualmente é presidente.

O tripé se completa com Dario Guarita Neto, que deixou o mundo da administração de portfólios por acreditar na grande oportunidade de investimento em um ativo alternativo num setor onde o Brasil oferece claramente um alto diferencial competitivo em relação ao restante do mundo.

A Amata e o FSC

O FSC é uma organização não-governamental e independente sediada em Bonn (Alemanha). Entidade sem fins lucrativos, não investe em projetos de manejo de nenhum tipo. Sua atuação é regulatória: estabelece requisitos mínimos para a atividade econômica florestal sustentável e promove a certificação de produtos em todo o planeta, além de funcionar como fórum de resolução de conflitos nessa área.

A operação da AMATA pretende ser 100% certificada pelo FSC, o que pressupõe, além do uso de madeira legal, uma preocupação com questões sociais e ambientais. Sua concepção de negócio está em linha com o conceito dos três "Ps" (people, profit, planet – pessoas, lucro, planeta) definido pela entidade. Por isso, estratégia da empresa combina geração de valor com inserção social.

Fonte: Inês Barreto/MVL Comunicação

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre