Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Fiscais vão revisitar fazendas em busca de 'bois piratas' na Terra do Meio


  
Luana Lourenço
Agência Brasil

Brasília - Fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) começarão na próxima semana a revisitar as fazendas instaladas no interior da Estação Ecológica da Terra do Meio (PA) para verificar se há ainda criação ilegal de gado na unidade de conservação. A informação é do coordenador de Proteção Ambiental do instituto, Paulo Carneiro.

Após a Operação Boi Pirata, deflagrada em junho pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), cerca de três mil cabeças foram vendidas em leilão e a Justiça determinou que todos os proprietários de fazendas na região retirassem os rebanhos da área até setembro.

O Ministério Público Federal no Pará pediu o levantamento ao ICMBio para que, em caso de descumprimento, a Justiça determine a apreensão imediata e um novo leilão para venda dos chamandos "bois piratas".

"Estamos trabalhando junto com o MPF, já recebemos a recomendação e estamos fazendo esse levantamento", afirmou Carneiro.

O coordenador estima que cerca de 10 mil cabeças de gado irregular ainda são mantidas na estação ecológica. "A informação que temos é que 80% do rebanho que existia nessas 14 propriedades foi retirado, mas ainda restam propriedades que têm rebanho", apontou. De acordo com o Ibama, antes da primeira apreensão, em junho, cerca de 40 mil cabeças de gado ilegal eram criadas na Terra do Meio.

"A maioria do gado que saiu foi para APA [Área de Proteção Ambiental] Triunfo do Xingu, unidade de conservação estadual, que permite uso agropecuário. Mas afirmar que 100% do gado [retirado] está em área legal, a gente não tem como afirmar ainda", ponderou.

A equipe permanente de dez agentes de fiscalização do ICMBio e Ibama será reforçada para o levantamento, adiantou Carneiro. Policiais militares do estado garantirão a segurança dos fiscais nas vistorias. "Duas aeronaves do Ibama serão utilizadas também", acrescentou.


 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat