Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Farinhada mostra vantagens da cultivar de mandioca Araçá


Com o objetivo de avaliar o rendimento da cultivar de mandioca Araçá, a Embrapa Acre realizou na sexta-feira (27 de janeiro), em Capixaba, um dia de campo com programação especial. Além de apresentações sobre manejo e tratos culturais do mandiocal, o evento contará com demonstração prática do processo de fabricação da farinha, a tradicional farinhada.

“A ideia é que os participantes possam verificar os bons níveis de rendimento da cultivar Araçá, recomendada pela Embrapa para a região do Acre. A cada etapa, enfatizaremos as boas práticas de fabricação da farinha, desde a colheita até a prensagem”, afirma a chefe adjunta do Setor de Transferência de Tecnologias, Dorila Gonzaga.

O grande diferencial da cultivar Araçá, é o alto teor de amido. “Essa característica é indispensável na fabricação de farinha, pois confere mais sabor e crocância ao produto. Outra vantagem dessa cultivar é o alta concentração de matéria seca, ou seja, o bom rendimento da raiz na produção de farinha”, afirma a pesquisadora da Embrapa Acre, Patrícia Flores.

De acordo com pesquisas realizadas pela Embrapa em uma área de cultivo nova, o rendimento médio da cultivar Araçá é de 30 toneladas por hectare, enquanto a média brasileira de produtividade é de 20 toneladas. Esta variedade foi selecionada dentre 103 cultivares testadas no Acre.

A farinhada marca o encerramento do projeto “Transferência de tecnologias para consolidação dos pólos agroflorestais nos territórios do Alto Acre e Capixaba, com foco na proposta de desenvolvimento sustentável para o Acre”, que começou em 2009. O projeto possibilitou a instalação de sete unidades demonstrativas de banana e mandioca, culturas estratégicas para a agricultura familiar do Estado, em cinco polos agroflorestais de Brasiléia, Xapuri, Epitaciolândia e Capixaba. No ano de 2011, cerca de 400 agricultores e extensionistas participaram das ações de capacitações sobre as culturas da mandioca e da banana.

As áreas onde foram cultivadas as variedades recomendadas pela Embrapa pertencem a agricultores familiares e foram selecionadas pelas associações. Cada unidade demonstrativa serve como ponto de multiplicação de mudas de banana e manivas de mandioca para distribuição aos produtores rurais da comunidade.

Realizada em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) e com a Cooperativa Incubadora de Gestão Avançada (Ciga), contratada pelo Incra para assistência técnica rural, a farinhada conta com o apoio da Prefeitura de Capixaba e a Associação do Pólo Agroflorestal de Capixaba.

Fonte: Priscila Viudes
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat