Porto Velho (RO) sábado, 4 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Estatal boliviana comprará produção de castanha do Acre


Todo estoque da Castanha do Brasil dos produtores do Yaco será comprado pela estatal boliviana Urucupinha. Quem garante é o deputado-empresário Mazinho Serafim da empresa de beneficiamento de borracha "Casa do Seringueiro" que esteve no ultimo final de semana na cidade Riberalta (Bolívia) negociando o produto.

Segundo Mazinho Serafim a venda do produto aos bolivianos será um grande negócio para os produtores da região de Sena Madureira, já que a lata da castanha que atualmente é vendida a R$ 11,00 terá um aumento considerável passando a ser comprada a R$ 13,00.

Acreditando no crescimento deste segmento na economia, Mazinho já se prepara para um novo empreendimento e anuncia para este ano a inauguração de uma usina de castanha em Sena Madureira. A estrutura física para a instalação do equipamento já está pronta. Sozinha a nova usina estará criando mais de cem empregos diretos e o projeto chama a atenção pelo arrojo.

"Os empresários de Xapuri ficaram surpresos com a nossa estrutura que seguirá uma linha de produção muito bem organizada", disse Mazinho Serafim. Segundo o deputado o empreendimento é realizado com recursos próprios e dará uma atenção especial para os jovens que buscam o primeiro emprego.

Fonte: Ac24horas.com

Mais Sobre Meio Ambiente

Garimpagem: o grande vilão

Garimpagem: o grande vilão

Além das hidrelétricas, da queda natural gerada pelo fluxo das águas, da forte trepidação dos potentes motores dos empurradores de balsas, um outro  p