Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Estatal boliviana comprará produção de castanha do Acre


Todo estoque da Castanha do Brasil dos produtores do Yaco será comprado pela estatal boliviana Urucupinha. Quem garante é o deputado-empresário Mazinho Serafim da empresa de beneficiamento de borracha "Casa do Seringueiro" que esteve no ultimo final de semana na cidade Riberalta (Bolívia) negociando o produto.

Segundo Mazinho Serafim a venda do produto aos bolivianos será um grande negócio para os produtores da região de Sena Madureira, já que a lata da castanha que atualmente é vendida a R$ 11,00 terá um aumento considerável passando a ser comprada a R$ 13,00.

Acreditando no crescimento deste segmento na economia, Mazinho já se prepara para um novo empreendimento e anuncia para este ano a inauguração de uma usina de castanha em Sena Madureira. A estrutura física para a instalação do equipamento já está pronta. Sozinha a nova usina estará criando mais de cem empregos diretos e o projeto chama a atenção pelo arrojo.

"Os empresários de Xapuri ficaram surpresos com a nossa estrutura que seguirá uma linha de produção muito bem organizada", disse Mazinho Serafim. Segundo o deputado o empreendimento é realizado com recursos próprios e dará uma atenção especial para os jovens que buscam o primeiro emprego.

Fonte: Ac24horas.com

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir