Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Empresária de Ariquemes aposta na reciclagem em supermercado

O Sebrae em Rondônia apoia iniciativas sustentáveis e de proteção ao meio ambiente


Empresária de Ariquemes aposta na reciclagem em supermercado  - Gente de Opinião

O descarte do lixo já foi um problema no supermercado administrado pela empresária Queila Gomes de Almeida, em Ariquemes. As lixeiras abarrotadas e o cheiro forte não fazem mais parte do dia-a-dia da empresa. O problema só foi superado com a adoção de boas práticas de sustentabilidade ambiental.


Papel, plástico, restos de verduras e legumes e todo o lixo produzido pela empresa iam direto para os containers, que nem sempre eram recolhidos pelo serviço público de limpeza. O acúmulo desse lixo produzia mau cheiro e muito volume.


PAPELÃO

Para superar a problemática do descarte adequado do lixo, a Queila, ao longo dos últimos anos, passou a adotar medidas simples, mas que fizeram toda a diferença. “O primeiro material a mandarmos para a reciclagem foi o papelão. Nossos funcionários já deixam as caixas dobradas, para fazer menos volume, e separam o papelão para ele não ser sujo por outros materiais, como óleo ou produtos líquidos, assim destinamos esse material para a coleta seletiva.”, destaca.


PLÁSTICO

No Supermercado Revelação, localizado no Setor Cinco, os plásticos possuem duas destinações. Primeiro, aqueles que podem ser reaproveitados no próprio estabelecimento, como sacos de cebola, sacos e sacolas grandes são separados. Os demais produtos de plástico são destinados para uma fábrica de reciclagem, que transforma o que iria para o lixo em novas sacolas plásticas.


ÓLEO DE COZINHA

Responsável por entupir as tubulações e contaminar o meio ambiente, o óleo utilizado nas frituras e na cozinha da padaria do supermercado também tem destinação especial. O líquido é descartado em tonéis e depois enviado para uma indústria de fabricação de sabão, em Ariquemes.


OSSOS

A Queila conta que os resíduos do açougue também geravam problema, porque depois de descartados nas lixeiras acumulavam-se insetos e deixavam cheiro forte. “Agora todos os ossos são separados e destinados para uma indústria de Cacoal, que vem recolher os ossos aqui no supermercado.”, afirma.


VISÃO DE SUSTENTABILIDADE

A Queila já participou de palestras e cursos do Sebrae e participou do programa Pró-Pan (para modernização das padarias) e diante das informações que foi recebendo percebeu a importância da boa relação da sua empresa com o meio ambiente “Eu sempre tive a consciência de que era importante preservar o meio ambiente. Aos poucos fomos melhorando nossa relação com a natureza”, destaca.


Essa visão é repassada aos colaboradores. Para o Clóvis dos Santos Fumagalli, hoje, separar os resíduos para serem destinados à reciclagem já faz parte da rotina da empresa. “Todos os colaboradores já sabem que precisam separar o lixo corretamente. Os novos funcionários já observam essa conduta e nos ajudam a manter esse trabalho”, resume.


O analista técnico do Sebrae, Felipe Kreuz, explica que o Sebrae também pode ser parceiro dos donos de pequenos negócios por de suas consultorias e do Sebraetec, com ajuda para o licenciamento ambiental da atividade e outras necessidades consoantes à legislação ambiental. 

Mais Sobre Meio Ambiente

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

Sistema Fecomércio participa do Lançamento do Amazônia + 21

O Presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE e Vice-Presidente da CNC, Raniery Araujo Coelho esteve no Lançamento do Fórum Amazônia + 21, ocorri

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

Pesquisadores descobrem complexo arqueológico na Amazônia Central

As crônicas de Gaspar de Carvajal, padre espanhol que navegou pelo rio Amazonas no século 16, descrevem uma área repleta de aldeias indígenas. ”Enco

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

Não faz o dever de casa - Enquanto Macron luta pela Amazônia, políticas ambientais da França desapontam

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu elogios por colocar os incêndios florestais na Amazônia no topo da agenda global, mas em casa os defens

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Mais de 50 técnicos do Estado participam de curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território do projeto Plantar

Foi concluído nesta sexta-feira, em Porto Velho, o curso de Geotecnologias e Ferramentas de Gestão do Território, voltado a técnicos da Empresa de Ass