Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Embrapa realiza trabalho com búfalos em Rondônia


Durante esta semana, técnicos da Embrapa Rondônia estarão realizando levantamento de informações sobre manejo sanitário, reprodutivo, alimentar, prática de ordenha e comercialização de bubalinos juntos aos produtores dos municípios de Ouro Preto, Ji-paraná, Presidente Médici e Cacoal.

O trabalho faz parte do projeto "Ações de transferência sobre manejo reprodutivo, sanitário e nutricional de búfalos leiteiros para pequenos produtores do Estado de Rondônia", conduzido pela Embrapa Rondônia e Embrapa Amazônia Oriental, Unidades de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Produção e do Desenvolvimento Econômico e Social – SEAPES, Emater Rondônia e Associação de Produtores Rurais da Comunidade da Embratel – APRUCE, de Presidente Médici.

De acordo com Marivaldo Figueiró, Médico Veterinário da Embrapa Rondônia e coordenador do projeto, as ações propostas visam estimular a bubalinocultura para produção de leite e carne no estado de Rondônia, por meio de implantação de um sistema de produção, divulgação e adoção de tecnologias envolvendo manejo reprodutivo, sanitário e nutricional, promovendo incentivo ao cooperativismo/associativismo, melhor aproveitamento e buscando novas alternativas de mercado, objetivando a permanência do pequeno produtor no campo e elevação do seu padrão sócio-econômico.

De acordo com resultados preliminares do censo agropecuário de 2006, realizado pelo IBGE, o rebanho nacional de búfalos atinge aproximadamente 840 mil cabeças. Dados de 2006 da Agência de Defesa Sanitária de Rondônia – IDARON – revelam que o estado de Rondônia possui um rebanho bubalino de 6.076 animais, criados de forma extensiva, sendo que a maioria dos produtores não faz uso de tecnologias de manejo e/ou insumos, que, associado à falta de uma política de comercialização e valorização dos produtos e derivados de bubalinos contribui para a baixa sustentabilidade da atividade no Estado.

O búfalo tem como característica um temperamento dócil e alta capacidade de transformação de alimentos, adaptando-se bem às mais variadas condições ambientais, podendo ser explorados em áreas impróprias para criação de bovinos, favorecendo o desenvolvimento produtivo de pequenos e médios produtores em Rondônia. Sua carne apresenta várias vantagens em termos nutricionais. Segundo a Associação Brasileira de Criadores de Búfalos – ABCB - ela apresenta 40% menos colesterol, 55% menos calorias, é 12 vezes menos gordurosa e tem 11% mais proteínas e 10% mais minerais. Já seu leite é cerca de 40-50% mais produtivo na elaboração de derivados (queijos, iogurte, doce de leite etc.) do que o leite bovino.

Apesar da produção e do mercado de leite de búfalo serem ainda incipientes em nosso Estado, já existe em Presidente Medici/RO, iniciativas por parte de latícinios em busca de adquirir este produto em maiores quantidades, objetivando o processamento de produtos com marca diferenciada, o que promoverá a competitividade de mercados com preço também diferenciado.

Fonte: Embrapa Rondônia
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat