Porto Velho (RO) sábado, 23 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Debate na TV: Sedam esclarece e faz alertas



A secretária de Estado do Meio Ambiente, Nanci Maria Rodrigues da Silva, participou nesta quinta-feira (23) de um debate sobre queimadas. A iniciativa foi da Rede TV, no programa Rede de Opiniões, apresentado pelos jornalistas Alizângela Lima e Martins Júnior.

O debate contou com a presença do secretário da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), José Carlos Gadelha, e do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Lioberto Caetano de Souza.

Durante o debate na Rede TV, a secretária Nanci Rodrigues, explicou que este ano a Sedam, através do Comitê Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, já vêm realizando ações para coibir o uso inadequado do fogo nos períodos de estiagem, quando ocorrem as maiores incidências de queimadas.

Segundo ela, foi organizada uma força-tarefa para combater o problema das queimadas e intensificar a punição aos responsáveis pelos focos.

Ela destacou o funcionamento das coordenadorias da Sedam, como a de Proteção Ambiental, que promove fiscalização preventiva, investigativa e repressiva para reduzir os focos de queimadas em pólos distintos de acordo com os quadros emergenciais de cada região.

A Coordenadoria de Educação Ambiental que tem realizado ações de prevenção e combate as queimadas, na capital e interior do Estado, contando com os Escritórios Regionais de Gestão Ambiental e os Grupos de Agentes Ambientais Voluntários, que promovem atividades educativas e de proteção ambiental, o que contribui com a melhoria da qualidade do ambiente em que vivem.

Para reforçar o trabalho dos agentes ambientais o governo do Estado entregou este mês, dez veículos para atender aos municípios no controle e combate ao desmatamento e as queimadas. Foram beneficiados os municípios de Alta Floresta, Ariquemes, Machadinho e Porto Velho.

O secretário da Sema, José Carlos Gadelha, e o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Caetano, reafirmaram as parcerias com a Sedam no trabalho de combate as queimadas e juntos pediram apoio da população do Estado para dizer não as queimadas e denunciar. “Queimar é crime e não podemos mais tolerar as queimadas urbanas, em fundos de quintal, que tem cada vez mais afetado a saúde da nossa população”, disse José Gadelha.

Fonte: Marilza Rocha

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir