Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Cujubim Grande é beneficiada com banco de sementes


Visando criar alternativas agrícolas para a época de seca do Rio Madeira, a Embrapa Rondônia, em parceria com a Comunidade Cujubim Grande (Porto Velho/RO), está implantando, desde o início de agosto, projeto de banco de sementes comunitário de quatro variedades de feijão-caupi.

A estratégia de produção comunitária e bancos de sementes vêm sendo utilizada no Brasil e em outros países, como mecanismo de desenvolvimento de pequenas comunidades, diz o coordenador e técnico da Embrapa Rondônia, Calixto Rosa Neto.

Com a execução deste projeto, pretende-se difundir, salienta o coordenador, de forma participativa, tecnologias adequadas ao desenvolvimento do cultivo agroecológico de feijão-caupi, para que esta sirva de modelo às demais comunidades ao longo do rio Madeira.

No caso das comunidades ribeirinhas localizadas ao longo do Rio Madeira, o desenvolvimento dessas práticas dependerá da disponibilização de tecnologias adequadas às condições locais, principalmente no que diz respeito à obtenção de sementes apropriadas ao plantio e na condução das lavouras.

Durante seis meses no ano, o nível das águas do Rio Madeira baixa, trazendo à tona uma grande extensão de terras, as quais têm por característica a alta fertilidade, umidade constantemente próxima à capacidade de campo e isenção de propágulos de plantas daninhas. O cultivo dessas áreas dispensa o uso de adubação, irrigação e aplicação de herbicidas, salienta o pesquisador da Embrapa Rondônia Flávio França, favorecendo a prática da agroecologia, a um custo de produção consideravelmente baixo. Mesmo assim, esse imenso potencial tem sido subutilizado, haja vista o pequeno número de cultivos que são realizados nessas terras, por isso é importante que pesquisas sejam realizadas para desenvolver tecnologias adequadas à realidade local.

A seleção dessas quatro variedades foi feita pela Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio de ações participativas com a Comunidade, em que os agricultores familiares executavam todas as etapas, desde o plantio até a colheita, que resultou na seleção dos materiais, sob a supervisão do pesquisador Flávio França.

Fonte: Embrapa Rondônia
Jornalista responsável: Daniela Garcia Collares (MTb/114/01 RR)

 

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

As Forças de Segurança do governo brasileiro estão em ação conjunta ao redor e dentro da Terra Indígena Yanomami para impedir atividades criminosas

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

A parceria entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia tem incentivado junto as pre

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)