Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Chuvas fortes no interior; E a previsão é de mais temporal


Os temporais não cessam no interior de Rondônia. Algumas cidades já registraram todo o volume de chuva esperado para o mês de novembro. Alagamentos e o aumento considerável no nível de rios já são notórios. A previsão indica muita chuva para os próximos dias, inclusive na capital.
Daniel Panobianco
- O fenômeno ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), está de volta e instabilizando a atmosfera em grande parte do Brasil. O evento tem origem quando uma frente-fria passa pelo Sul e Sudeste ficando estacionada por alguns dias. O canal de umidade entre a Amazônia e esta frente-fria é estabelecido, quando os ventos sopram de noroeste transportando calor e umidade, combustíveis essenciais para a formação de grandes aglomerados de chuvas.
Normalmente, uma ZCAS dura entre três e cinco dias, mas dependendo das condições atmosféricas, a mesma pode se estender por mais de uma semana. Dentro do cinturão de nuvens da ZCAS, a formação de células profundas de convecção, que causam temporais com raios e rajadas de ventos é comum.
Chuvas fortes no Estado
As chuvas fortes e mais generalizadas vieram a todo vapor em Rondônia nesta primeira quinzena de novembro. Os temporais de fim de tarde, típicos da estação, estão mais intensos e sempre acompanhados de rajadas de ventos e raios. Só esta semana, a região de Cacoal registrou quase 200 milimetros de precipitação, o que corresponde ao total previsto para todo o mês de novembro. Os agricultores que amargaram prejuízos, principalmente com a cultura cafeeira devido à intensa estiagem deste ano, agora comemoram vendo o solo bastante úmido.
Na tarde de sexta-feira, por volta das 14 horas, um intenso temporal atingiu a zona urbana causando alagamentos em diversos pontos. A precipitação colocada pelo hidroestimador do CPTEC/INPE ultrapassou 80 mm em apenas duas horas.
Previsão
A previsão para os próximos 7 dias é de muita chuva em praticamente todo o Estado. Com o estabelecimento da ZCAS, a chuva deve permanecer em caráter intermitente, como já ocorre agora nas regiões de Cacoal, Ji-Paraná, Ariquemes e Porto Velho. O dia já amanheceu nublado e a chuva cai sem parar. Os volumes mais otimistas colocados pelos modelos de previsão numérica indicam mais de 100 milimetros, principalmente na região de Porto Velho. Volumes intensos de chuva na capital sempre geram transtornos à população com alagamentos de córregos e igarapés.
Dados: CPTEC/INPE - COLA
Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir