Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Chuva retorna ao interior de Rondônia após 89 dias de estiagem



Alguns municípios do centro e oeste do Estado estão sem ver água desde o inicio de maio. Somente as regiões de Porto Velho, Cacoal e Vilhena registraram chuva em agosto.

Daniel Panobianco – A previsão de uma mudança brusca nas condições do tempo em Rondônia é nítida agora para quem olha para o céu e vê a chuva caindo novamente. Os agricultores, a população das cidades, desde o final de maio vinham sendo castigados pela poeira, a secura extrema do ar e as altas temperaturas, jamais registradas por um longo período no Estado, desde que as medições começaram a ser realizadas. Ás áreas de instabilidade associadas a passagem de uma frente-fria pelo Sul do Brasil conseguiram vencer o bloqueio da forte massa de ar seco e quente facilitando o crescimento das nuvens de chuva em diversos municípios rondonienses na tarde desta quinta-feira.

Segundo dados do hidroestimador de precipitação do CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), já choveu em várias cidades, as mais castigadas pela estiagem. Os municípios que registraram chuva até as 16 horas (local) de hoje foram: Colorado d' Oeste, Vilhena, Chupinguaia, Espigão d' Oeste, Pimenta Bueno, Urupá, Alvorada d' Oeste, Alta Floresta d' Oeste, Costa Marques, São Francisco do Guaporé (incluindo a zona urbana), Seringueiras, Soa Miguel do Guaporé, Jaru, Mirante da Serra, Nova União, Governador Jorge Teixeira, Nova Mamoré, Guajará-Mirim e Porto Velho (Distrito de Abunã). Em grande parte dessas localidades registraram-se apenas pancadas de fraca a moderada intensidade, algumas com trovoadas, mas na maioria na zona rural, não afetando as cidades. Apenas São Francisco do Guaporé pode sentir novamente o cheiro de terra molhada e o ar mais puro na cidade.

Na região de Urupá, onde a chuva foi fraca em algumas localidades, não era registrada precipitação desde o dia 31 de maio, ou seja, 89 dias de estiagem total.

Os reflexos dessa longa estiagem estão por todos os cantos, com pastagens secas, rios minguando a pequenos fios d' água e poeira, muita poeira como todo rondoniense já convive há anos.

Durante o mês de agosto, pancadas localizadas ocorreram apenas em pontos restritos dos municípios de Porto Velho, Cacoal e Vilhena, mas no restante do Estado, ninguém tinha sentido o ar mais fresco da chuva.

A noticia para os próximos três dias é boa, segundo previsões do CPTEC/INPE. A frente-fria que está passando pelo Sul irá organizar uma faixa de nuvens até a Amazônia, onde Rondônia terá condições favoráveis para a ocorrência de novas pancadas, podendo ser fortes em alguns pontos. Os maiores volumes de chuva estimados pelas últimas rodadas dos modelos devem se concentrar nas regiões de Porto Velho e Guajará-Mirim. As temperaturas mínimas terão um leve declínio até sábado, principalmente no Cone Sul, mas a previsão de friagem ainda é arriscada.

Dados: CPTEC/INPE
Fonte: De olho no tempo

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto