Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

CES Rioterra lança projeto Quintais Amazônicos


CES Rioterra lança projeto Quintais Amazônicos - Gente de Opinião
Pequenos agricultores rurais do município de Nova Califórnia beneficiados por projetos do CES Rioterra

Centro de Estudos da Cultura e do Meio Ambiente da Amazônia - Rioterra realiza na terça-feira (04/02), às 8h, na sede da Sedam, a cerimônia de lançamento do projeto “Quintais Amazônicos”. O projeto é resultado dos esforços conjuntos dos parceiros: Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM); Prefeituras de Itapuã do Oeste, Cujubim e Machadinho; Universidade Federal de Rondônia (UNIR); Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/INPA; e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária/INCRA.

O evento, que terá a participação do governador do Estado, Confúcio Moura, marca o início das ações que tem por objetivo apoiar agricultores familiares e assentados da Reforma Agrária no Estado de Rondônia, residentes nos municípios de Itapuã do Oeste, Cujubim e Machadinho D`Oeste. Ao todo serão beneficiados mais de 6 mil pessoas.

Com apoio financeiro do Fundo Amazônia, administrado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o “Quintais Amazônicos” é um projeto idealizado pelo Centro de Estudos Rioterra para, em quatro anos de atividades, promover o desenvolvimento de Sistemas Agroflorestais (SAFs) para a recuperação de áreas desmatadas e geração de renda a partir do plantio e da realização de pesquisas de culturas selecionadas e adaptadas ao tipo de solo e clima da região.

Entre as principais metas estão distribuir mais de um milhão de mudas de espécies florestais e frutíferas aos produtores rurais desses municípios, recuperar 500 hectares de áreas degradadas ou alteradas, apoiar à regularização ambiental de propriedades mediante a realização do Cadastramento Ambiental Rural para agricultores familiares e promover cursos de capacitação voltados a geração de renda a mais de 600 pessoas.

“São metas estratégicas e integradas entre si para garantir a recuperação de áreas alteradas a partir da inserção de práticas economicamente atrativas aos produtores e ambientalmente sustentáveis. O projeto ainda permite que as propriedades sejam regularizadas ambientalmente a partir do cadastramento ambiental rural. As ações visam melhorar a vida desses produtores rurais, com acesso a crédito, geração de renda e segurança alimentar”, complementa Alexis Bastos, coordenador de programas do CES Rioterra.

Para o desenvolvimento dessas ações o CES Rioterra aprovou junto ao BNDES o apoio de R$ 9,2 milhões. Com a contrapartida de quase R$ 1 milhão, os recursos destinados ao Quintais Amazônicos serão de mais de 10 milhões.

Fonte: Malu Calixto

 

Mais Sobre Meio Ambiente

Museu do Acervo Biológico de Porto Velho é reaberto

Museu do Acervo Biológico de Porto Velho é reaberto

Uma cerimônia marcou, na manhã desta quarta-feira (18), a reabertura do Museu do Acervo Biológico de Porto Velho, no Parque Natural Raimundo Paraguass

MPF requer informações sobre presença de empresa canadense em Ariquemes (RO) para explorar terras raras

MPF requer informações sobre presença de empresa canadense em Ariquemes (RO) para explorar terras raras

O Ministério Público Federal (MPF) enviou, nesta quarta-feira (11), ofícios à Agência Nacional de Mineração (ANM), ao governo de Rondônia e à Secreta

Sebrae firma parceria com Prefeitura para coleta seletiva em Porto Velho

Sebrae firma parceria com Prefeitura para coleta seletiva em Porto Velho

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae) acaba de conquistar uma vitória junto à Secretaria Municipal de Serviços Básico

Presidente Alex Redano pede que governador revogue decretos que criaram 11 áreas de reservas em 2018

Presidente Alex Redano pede que governador revogue decretos que criaram 11 áreas de reservas em 2018

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), disse durante sessão nesta terça-feira (05), que a situação dos moradores de alg