Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Cerejeiras colhe safra de cana-de-açúcar



"Graças aos incentivos fiscais oferecidos pelo Governo do Estado, estamos colhendo agora a primeira safra de cana-de-açúcar, e em 2010 iremos produzir álcool em Cerejeiras", afirmou Neri Artman, diretor da usina de álcool de Cerejeiras, visitada pelo governador Ivo Cassol na tarde do último sábado (15).

Acompanhado do senador Expedito Júnior, do secretário de Agricultura, Carlos Magno, do deputado estadual Ezequiel Neiva, prefeitos e vereadores da região do Cone Sul, Cassol iniciou a visita conhecendo um alambique local, onde já está sendo produzida e envelhecida a cachaça Maria Fumaça, que em breve estará sendo distribuída no mercado nacional. O alambique também produz açúcar mascavo, que poderá ser usado em escala industrial por empresas produtoras de alimentos industrializados e refrigerantes.

De lá, Cassol e comitiva seguiram para o viveiro experimental de pinhão manso da propriedade, onde está sendo avaliada a viabilidade econômica de se produzir biodiesel a partir desta espécie, abundante na região Amazônica, em consórcio com a cana.

O pinhão manso testado em Cerejeiras chega a produzir 6 toneladas por hectare, um índice considerado excelente para os padrões industriais. Além de produzir fruto o ano inteiro, já está adaptado à região, pois é nativo no Estado, o que torna uma excelente alternativa para a produção do biodiesel.

Ainda na propriedade, Cassol e comitiva conheceram o viveiro de mudas de cana-de-açúcar, onde 16 espécies, vindas das regiões sudeste e do nordeste, estão sendo testadas para avaliar quais apresentam melhores índices de crescimento, resistência às pragas e adaptação à região para a produção de açúcar e álcool. Segundo Artman, o solo da região de Cerejeiras possui ótimas condições para algumas espécies, e a produção pode chegar a 120 toneladas por hectare, bem acima da média nacional, que é de cerca de 90 ton/hectare. "Além de alta produtividade, precisamos de pelo menos 100.000 hectares de área plantada para começar a produção", explicou aos visitantes.

Cassol encerrou a visita no local onde foi iniciado o corte dos primeiros pés de cana, que está sendo feito sem a queima da palhada, como é comum em outras regiões. Impressionado com o potencial econômico do empreendimeto, o governador conversou com trabalhadores e recebeu informações detalhadas das técnicas de colheita, transporte e preparação do solo para o plantio da próxima safra. "Este é mais um bom exemplo de que os incentivos fiscais que o Governo do Estado oferece só traz benefícios: aqui estão sendo gerados centenas de empregos e a arrecadação do estado vai aumentar, melhorando a vida da população e trazendo progresso para Cerejeiras", disse Cassol.

Segundo Neri Artman, diretor da usina, o álcool produzido em Cerejeiras deverá chegar às bombas de combustível em meados de 2010, com preço cerca de R$ 0,20 a 0,30 centavos mais barato que a média atual, em virtude do frete mais barato.
 
Fonte: Decom

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre