Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Cem famílias beneficiadas com novo assentamento em Rondônia



Um lote para sustentar a família e apoio para custear a produção, construir moradia e aprender a trabalhar a terra. É a esse benefício que 100 famílias de São Francisco do Guaporé terão acesso com a criação do Projeto de Assentamento Porto Murtinho, pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O imóvel de 1.711 hectares pertence ao patrimônio da União e está inserido na Gleba Terra Firme. A área foi identificada em levantamento ocupacional do Incra e agora, destinada à Reforma Agrária, vai regularizar a situação de agricultores familiares que já ocupavam espontaneamente o local. Já são sessenta e duas famílias com documentação coletada pelo Incra e que passam pelo processo de triagem da autarquia. Só poderão fazer parte do assentamento aquelas que atenderem ao perfil sócio-econômico exigido pela legislação ao beneficiário da Reforma Agrária.

Até o final do ano, a relação de beneficiários deverá estar homologada e, assim, essas famílias poderão ser atendidas com estradas, crédito, assessoria técnica, entre outros serviços prestados pelo Incra.

Sexto assentamento do ano

O assentamento Porto Murtinho foi o sexto criado esse ano pelo Incra em Rondônia, projetos com capacidade de assentar 634 famílias no total. Até agora, 425 famílias estão homologadas e já começam a receber o crédito apoio no valor de R$ 2.400,00 disponibilizados para que o trabalhador possa começar a investir no lote.

Com os novos assentamentos, são 161 projetos criados pelo Incra desde o início de sua atuação no estado. Mais de 5 milhões de hectares destinados a pelo menos 75 mil agricultores familiares que hoje são responsáveis por grande parte da produção agropecuária de Rondônia.

Fonte: Incra/  Vanessa Ibrahim

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat