Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Calor bate recorde em Rondônia e deve resultar em tempestades nos próximos dias


 
Os termômetros registraram nesta quarta-feira, recorde de calor em praticamente todas as regiões de Rondônia. O excesso de calor deve resultar em uma cadeia de tempestades severas nos próximos dias.

Daniel Panobianco – A população de Rondônia sentiu nesta quarta-feira os reflexos da maior temperatura máxima observada durante o mês de setembro na região. Desde que a estação convencional da REDEMET (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica) foi aberta em 1982, nunca os termômetros subiram tanto.

Em outra estação, a automática do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) localizada na Zona Sul da capital, a máxima chegou a sufocantes 38,2°C, sendo a maior temperatura observada em todos os meses do ano desde que a mesma entrou em funcionamento em 2007.

Como a estação do INMET fica em uma região mais arborizada de Porto Velho, o calor certamente foi muito mais intenso nos bairros mais ao Centro, com possíveis marcas próximas e/ou acima dos 40°C.

Uma PCD (Plataforma de Coleta de Dados) instalada em Ariquemes registrou máxima de 38,5°C entre as 13 e 15 horas (local).

Na fronteira com a Bolívia, o calor também bateu recorde, onde outra PCD registrou máxima de 39,0°C em Costa Marques.

Em Cacoal, mais um recorde absoluto de calor. Nunca os termômetros de outra estação automática do INMET registraram a marca de terríveis 39,1°C. O recorde de calor em Cacoal era de 38,8°C observado no último dia 10 de setembro.

Em Vilhena, uma estação automática do INMET registrou máxima de 36,0°C, igual ao mesmo valor registrado no último dia 17 de setembro, sendo esta, a maior temperatura desde que a estação entrou em funcionamento em 2008.

O excesso de calor em Rondônia deve ser um dos combustíveis principais para uma serie de tormentas que está prestes a atingir o Estado a partir desta quinta-feira. Diversos municípios, inclusive Porto Velho, poderão ter muita chuva, ventos intensos, raios e até granizo pelo menos até o próximo domingo, dia de eleição. O risco de estragos, como destelhamentos de construções e queda de árvores é iminente.

Na faixa entre Cacoal e Vilhena pode chover nos próximos 7 dias mais de 100 milímetros, o que beneficiará o preparo da terra para a nova safra de grãos, que está atrasada há quase 30 dias por conta da forte estiagem. 
Dados: INMET

(Fonte: De olho no tempo)
 

Mais Sobre Meio Ambiente

Premiação do 2º Concurso de Desenho Infantil é entregue aos vencedores

Premiação do 2º Concurso de Desenho Infantil é entregue aos vencedores

Preservar o hoje pensando no amanhã, foi com esse pensamento que o pequeno Jocélio Junior Moraes Araújo, de 9 anos, confeccionou o desenho que garanti

Porto Velho: divulgados os vencedores do 2º Concurso de Desenho Infantil

Porto Velho: divulgados os vencedores do 2º Concurso de Desenho Infantil

O resultado do 2º Concurso de Desenho Infantil, realizado como parte das comemorações da Semana do Meio Ambiente, foi divulgado pela Prefeitura nest

Ecoliga promove live Diálogo Sustentável, sobre boas práticas de sustentabilidade, no dia 21 de junho

Ecoliga promove live Diálogo Sustentável, sobre boas práticas de sustentabilidade, no dia 21 de junho

No mês do meio ambiente, o Tribunal de Justiça de Rondônia, juntamente com o Ministério Público do Estado (MPRO), Ministério Público do Trabalho em