Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Associação da Vila Princesa coleta recicláveis no Incra


 
A superintendência regional do Incra em Rondônia entregou 628 kg de materiais recicláveis à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis da Vila Princesa (Ascavip), que encerrou hoje seu período de coleta no órgão, dentro do programa “Coleta Seletiva Solidária”.  O instituto assinou em 2008 termo de compromisso com três associações - Unidos pela Vida, Asprovel e Ascavip - para participarem do programa. A participação das associações é alternada a cada quadrimestre.

O papel é em geral o material mais coletado no órgão, seguido do papelão e do plástico. Dessa vez, o ferro também esteve em alta entre os materiais. Raimundo Seixas, coordenador do programa no Incra/RO, lamentou que a coleta de plásticos será interrompida. “Infelizmente não temos aqui indústrias que reciclem esse material tornando inviável sua remessa para outras localidades”, explicou.

O programa busca proporcionar a oportunidade de inclusão social aos grupos de catadores e estimular a sua organização para que conquistem dignidade e cidadania em sua própria profissão. Não há transferência de recursos financeiros entre as instituições e uma série de critérios é observada na seleção das associações. Entre elas, sua constituição formal com catadores de materiais recicláveis descartados que tenham nessa atividade sua única fonte de renda, não possuir fins lucrativos, possuir infra-estrutura para realizar a triagem e classificação dos materiais e apresentar o sistema de rateio entre os associados.

O Incra possui instalados quarenta coletores de materiais recicláveis nos corredores dos prédios da sede em Porto Velho, lixeiras adaptadas nas salas e um trabalho contínuo de conscientização dos servidores e colaboradores para a separação dos materiais descartados no dia a dia.  As associações dos catadores realizam a coleta desse material, a triagem e classificação dos resíduos.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat