Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

AFTOSA: Começa 2ª etapa de vacinação em seis estados


Tatielly Diniz
Agência Brasil

Brasília - A segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa de rebanhos bovinos e de búfalos começou este mês, em seis estados brasileiros, Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Roraima.
No mês que vem, a imunização será estendida a outras 16 unidades federativas: Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e o Distrito Federal.
Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a demanda de vacinas para 2007 é de 395 milhões de doses. Santa Catarina é o único estado considerado livre de febre aftosa sem vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), desde 2000.
O Brasil é o maior exportador de carne bovina no mundo. No ano passado, as exportações de carne, para mais de 164 países, geraram US$ 8,3 milhões (cerca de R$ 15 milhões).
Segundo o coordenador do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa do ministério, a vacinação é importante para evitar a disseminação da doença, garantindo a saúde do rebanho e a qualidade da carne brasileira.
“É uma  importante ferramenta para erradicar a febre aftosa. O Brasil já erradicou essa doença. Nós utilizamos a vacina como forma de proteção, caso exista introdução de um vírus, que ele não se dissemine".
Depois de aplicar a vacina em todo o rebanho, o produtor deve ir ao escritório da secretaria de agricultura da cidade mais próxima para comprovar a imunização.

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto