Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Acre sedia Conferência Internacional de Manejo Florestal Comunitário


O Acre sedia a primeira Conferência Internacional de Manejo Florestal Comunitário, abordando o assunto "Empreendimentos Florestais Comunitários: temas e oportunidades globais".  O evento, que seguirá com programação até sexta-feira (20), com a participação da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

Promovida pelo Instituto Internacional de Madeira Tropical (ITTO) e por organizações governamentais e não-governamentais do Brasil e do exterior, com o apoio do governo do Estado, a conferência reunirá representantes de pelo menos 36 países, entre os quais África do Sul, Estados Unidos, Indonésia, Malásia, Índia, Reino Unido, Holanda e China.  O objetivo, segundo o secretário Estadual de Florestas, Carlos Ovídio Rezende, é promover um grande fórum de discussão sobre as experiências de manejo florestal de pequenos produtores e, em seguida, formular propostas de políticas públicas a serem implementadas tanto pelo ITTO, quanto pelos países envolvidos.

"Este é o primeiro evento de porte internacional que o Brasil sedia nessa área, e nós estamos com uma expectativa muito boa em relação à troca de experiências e às ava-liações sobre os projetos desenvolvidos em todo o mundo.  Entre os assuntos que serão colocados em pauta estão a organização social de pequenos produtores; a economia de produtos e serviços ambientais e os problemas e desafios inerentes à produção florestal do pequeno produtor.  Ao final, teremos um panorama interessante sobre o que está dando certo e o que pode ser aprimorado, agregando valor e experiência para aperfeiçoar os projetos atuais e também os futuros que pretendemos desenvolver", diz Rezende.

A Conferência Internacional de Manejo Comunitário será fechada para convidados e contará com a participação de cerca de 250 pessoas, entre as quais 30 pequenos produtores acreanos.  A programação será toda traduzida, simultaneamente, em quatro idiomas: português, inglês, espanhol e francês.

Referência - Sobre a escolha de Rio Branco para sediar o evento internacional, o secretário conta que a ligação do Acre com o ITTO é antiga e estreita, visto que o ex-governador Jorge Viana já atuou como diretor do instituto, no ano de 1989.  Naquela época, Rezende lembra que o Estado obteve o primeiro grande financiamento para elaborar um plano de manejo numa floresta pública.  "O Plano de Manejo de Uso Múltiplo da Floresta Estadual do Antimary foi viabilizado mediante financiamento do ITTO, com contrapartida do governo estadual.  Este foi o primeiro grande investimento que conseguimos trazer para cá, para aplicar em estudos na área florestal.

Devido à experiência que o Acre já tem em manejo florestal comunitário, nos candidatamos para sediar o evento e, com o grande apoio do Ministério do Meio Ambiente, conquistamos a vaga", diz ele, destacando que a conferência marca também a disposição do atual governo em inserir o Acre no circuito de seminários com abrangência nacional e internacional, com foco no desenvolvimento do setor turístico local.

Sobre o ITTO - O Instituto Internacional de Madeira Tropical (ITTO) é composto por 59 membros, que representam cerca de 80% das florestas tropicais mundiais e 90% do comércio madeireiro tropical global.  Sua sede é no Japão.  O Acre, na avaliação de Manoel Sobral, diretor-executivo do ITTO, lidera a política mundial pelo uso inteligente da floresta.  Um dos modelos de manejo comunitário que tem ganhado destaque internacionalmente é o da Floresta Estadual do Antimary, que sintetiza a relação governo-empresa-comunidades no processo de exploração sustentável.

Fonte: Amazônia Org 

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

As Forças de Segurança do governo brasileiro estão em ação conjunta ao redor e dentro da Terra Indígena Yanomami para impedir atividades criminosas

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

A parceria entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia tem incentivado junto as pre

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)