Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Luka Ribeiro

Rondônia: O Retrô Ativo lança CD autoral e parte para turnê em cinco estados e na Argentina


Rondônia: O Retrô Ativo lança CD autoral e parte para turnê em cinco estados e na Argentina - Gente de Opinião

A banda rondoniense O Retrô Ativo lançou, na última semana, seu primeiro CD, “A Vontade de Rir é Grande”. O álbum será base para a turnê de lançamento iniciada, no último sábado (6), com show em Ouro Preto do Oeste (RO) e inclui ainda apresentações em São Paulo (SP), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e três shows na Argentina. Clique aqui e ouça o álbum gratuitamente no Spotify.


Além do CD, o grupo, formado pelo vocalista e guitarrista, Yves Castro; baixista, Vinicius Fernandes; e baterista, Fabio Augustini, também fez o lançamento das 12 canções nas principais plataformas de mídia, como Youtube e Spotify, a qual emplacaram a música “A Náusea” na Pátria Rock, maior playlist de rock do Brasil.


São oito canções lançadas previamente do CD e quatro inéditas, cada uma acompanhada de um clipe. Os destaques são para as músicas “Que Nem Café”, música descrita pela banda como “forró psicodélico” e para “Limítrofe”, que contém cenas de um jogo de RPG, feito pelo vocalista da banda, especialmente para divulgar a canção, que trata do tema Transtorno de Personalidade Boderline.

O vocalista explica que a banda tem entre seus projetos a realização da Noite Alternativa, que no último final de semana chegou a sua 5ª edição em Ouro Preto do Oeste e onde ocorreu o lançamento oficial do “A Vontade de Rir é Grande”. “Iniciou do projeto ousado de ser feito apenas um evento de música alternativa autoral. Apesar de, a princípio, acharmos que não ia haver público, nós acreditamos e tivemos sucesso em todas as edições, como foi o evento do último sábado na Noite Alternativa. Por isso, nem contamos com a ideia de lançar nosso primeiro CD em outra cidade ou outro evento”, comenta.

Sobre a música que retrata sobre características do Transtorno de Personalidade Boderline, Yves ressalta as inovações na produção de conteúdo e divulgação. “A música Limítrofe merecia uma atenção especial por se tratar de um assunto desconhecido, porém, mais comum do que se imagina. Então, resolvi fazer o jogo para especificar com bom humor outros sintomas além dos que estão no jogo”, diz.

Clique aqui para assistir o clipe e baixar o jogo.


Quanto ao restante da turnê de lançamento, além de retornar a cidades onde a banda se apresentou, o grupo fará os primeiros três primeiros shows internacionais nas cidades argentinas de Buenos Aires, Rosário e Carcaraña.

Yves diz que a oportunidade surgiu através de uma rádio Argentina, que marcou em tocar a música da banda chamada “Loucura”. “Não fazemos ideia de como eles nos conheceram, mas a partir daí, trocamos contatos com membros da cena local, até conseguir fechar os três shows por lá. Vamos representar nosso estado e nosso país para os ‘hermanos’. Viva a internet”, brinca.

Duração: 4 minutos e 8 segundos | Visualizações: 499

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luka Ribeiro

Deputado Federal Léo Moraes defende Sistema Fecomércio, Sesc e Senac no Plenário da Câmara

Deputado Federal Léo Moraes defende Sistema Fecomércio, Sesc e Senac no Plenário da Câmara

Assista o vídeo do discurso do deputado, nesta terça-feira (15), na tribuna da Câmara Federal

Nota de Falecimento: Nivaldo Marques Santos, o “Pirralho” faleceu aos 59 anos

Nota de Falecimento: Nivaldo Marques Santos, o “Pirralho” faleceu aos 59 anos

É com o coração quebrado e lágrimas caindo que hoje revelamos a triste notícia de que nosso querido NIVALDO MARQUES SANTOS, popular “Pirralho” (irmão

Matrículas abertas na Escola do Legislativo para 16 cursos

Matrículas abertas na Escola do Legislativo para 16 cursos

A chuva forte em Porto Velho que caiu na última terça-feira (01) não impediu o fluxo enorme de pessoas que foram à Escola do Legislativo (EL), no di