Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

VALVERDE: Violência na usina de Santo Antônio é preocupante e propõe soluções



O deputado federal Eduardo Valverde (PT), participou na tarde desta terça-feira, dia 22/06, no Ministério Público do Trabalho, em Porto Velho, de uma audiência de conciliação entre representantes do consórcio responsável pela construção da usina hidrelétrica de Santo Antônio e dos sindicatos que representam as várias categorias de trabalhadores da obra.


A audiência foi conduzida pela procuradora federal do trabalho, Michele Chermont, para discutir os conflitos existentes na obra, e buscar soluções para o problema.


Há uma semana os trabalhadores padecem com a onda de violência que atinge o canteiro de obras, e que culminou com a depredação de máquinas e equipamentos, e causou ferimentos em operários.


Na audiência os representantes dos trabalhadores reclamaram da falta de condições de trabalho e da falta de liberdade para que as entidades sindicais mantenham contato com os trabalhadores.


Os representantes do consórcio denunciaram que os ataques ocorrem à noite, e são realizados por um grupo encapuzado, cujos integrantes ainda não foram identificados.


O deputado federal Eduardo Valverde considera a situação de extrema gravidade, pois, além de comprometer uma obra importante e gigantesca, põe em risco a vida de milhares de trabalhadores, que é o mais importante.


Valverde observou que o quadro de trabalhadores da obra é composto por pessoas de diversas regiões do país, com culturas diferentes, níveis de compreensão diferentes, e pensamentos diversos. “Essa diversidade gera um ambiente suscetível a conflitos de interesses e de idéias”, disse.


Para o deputado, uma solução seria o entendimento entre o consórcio e os representantes dos trabalhadores no sentido de se fortalecer as entidades sindicais, que são legítimos para intermediar negociações e diálogos. Valverde entende que uma composição entre patrões e empregados, tendo como mediadores os sindicatos, contribuiria para amenizar e até acabar com os ataques, já que não foram identificados os responsáveis pela violência e ninguém, até agora, reivindicou a autoria das ações violentas.


“A importância da construção da usina hidrelétrica de Santo Antônio para o país é indiscutível, assim como é consenso o benefício que traz a geração de dezenas de milhares de empregos. Entretanto, não podemos permitir que isso custe vidas humanas”, disse o deputado.


“Apostamos em um entendimento entre a empresa e os sindicatos que ocasione o fortalecimento das entidades representativas. Assim os sindicatos vão ter mais credibilidade e mais força para fazer um trabalho de conscientização, de reivindicação, atendendo aos interesses dos trabalhadores sem prejudicar a obra”, finalizou.

Fonte: Adércio Dias – Reg. 418 DRT/RO
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão também analisou outros projetos que seguem para votação em Plenário...

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de Transposição de Peixes da UHE Jirau foi projetado pelos melhores especialistas no assunto

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Universitários conheceram algumas estruturas do empreendimento