Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Usina Jirau apresenta atividades de Paleontologia durante mesa redonda


 

As ações envolvendo o público estudantil foram destaque durante as apresentações de resultados



A Energia Sustentável do Brasil, concessionária da Usina Hidrelétrica Jirau, participou de mesa redonda na sexta-feira (22), para debater sobre os trabalhos realizados no Programa de Investigação, Monitoramento e Salvamento Paleontológico. O encontro, organizado pela empresa Santo Antônio Energia, discutiu a Paleontologia dentro dos programas ambientais, de forma a possibilitar o reconhecimento da importância dos estudos paleontológicos e do licenciamento ambiental nas obras de grande porte.
 

Durante o debate, o Professor Doutor Átila Augusto Rosa, da Universidade Federal de Santa Maria (RS), destacou as atividades das Oficinas de Paleontologia para estudantes e professores das escolas das Áreas de Influência Direta e Indireta da Usina Jirau. Foram elaboradas cartilhas aos alunos, que abordaram a Paleontologia de forma didática e divertida. Foi confeccionada ainda uma cartilha para os professores, com o objetivo que os mesmos se tornem multiplicadores do conhecimento paleontológico.


Átila enfatizou também o resgate de fósseis nas áreas monitoradas e ressaltou os pontos abordados na mesa redonda. “A apresentação das ações se reveste numa importância que não é só regional, pois esses dois empreendimentos estão sendo olhados por várias pessoas que estão interessadas em saber como estão acontecendo os trabalhos aqui e o que se pode usar dessas ações positivas para os outros empreendimentos no Brasil”, acrescentou Átila.


Conforme o coordenador de Meio Ambiente da Energia Sustentável do Brasil, Marco Canedo, a importância do debate se destaca pelo envolvimento de várias instituições voltadas aos trabalhos de Paleontologia. “Este tipo de evento é uma grande oportunidade para difundir informações e conhecimento em Paleontologia para órgãos públicos e comunidade científica da região”, explica Canedo.


Participaram do evento, além de representantes das Usinas do Rio Madeira, órgãos públicos, como o CPRM/RO (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais), DNPM/RO (Departamento Nacional de Produção Mineral), IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e a Sociedade Brasileira de Paleontologia.

Fonte: Comunica
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A