Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Técnicos trabalham para restaurar torres de energia no Paraná


 

Curitiba – Cerca de 200 técnicos trabalham para restaurar as três torres do sistema de Furnas que caíram ontem (7) devido às fortes chuvas, com ventos de 107 quilômetros por hora, que atingiram a região oeste do Paraná. As torres, localizadas no município de Tupãssi, levam energia de Itaipu para o Sul e o Sudeste do país.

De acordo com a assessoria de imprensa da empresa, a queda das torres não vai comprometer o fornecimento de energia às duas regiões. As torres têm em média 40 metros de altura e pesam de 8 a 10 toneladas. Ainda não há uma previsão para que as obras sejam concluídas.

Segundo balanço da Defesa Civil do Paraná, 11 municípios sofreram algum tipo de prejuízo por causa das chuvas e dos ventos de ontem. Em sete deles os estragos foram mais significativos com dezenas de árvores derrubadas e casas destelhadas. “O temporal foi forte, mas os prejuízos não foram muito grandes. No município de Centenário do Sul tivemos 25 casas danificadas e alguns moradores ficaram desabrigados, mas estão sendo atendidos”, informou o chefe da Divisão de Defesa Civil, Osni José Bertolini. Segundo ele, cerca de 490 pessoas foram afetadas pelas chuvas.

Hoje o dia amanheceu com sol na maioria dos municípios paranaenses e segundo o meteorologista Fernando Mendes, do Simepar, a aproximação de uma massa de ar mais seco e frio deixa o tempo estável no estado nos próximos dias. As temperaturas apresentam uma diminuição mais significativa nesta manhã. A mínima registrada no estado foi de 4,6 graus Celsius (°C) na estação de Entre Rios

Lúcia Nórcio / Agência Brasil
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A