Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Sindicato Docentes realiza seminário nacional sobre ambiente e matriz energética



Acontece nessa sexta-feira, 28 de maio, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho em Porto Velho, o seminário nacional: Ambiente e Matriz Energética promovido pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN. O evento será coordenado pelos Grupos de Trabalho Política Agrária e Meio Ambiente (GTPAMA), e o Grupo de Trabalho de Ciência e Tecnologia (GTC&T).

Para o professor Adilson Siqueira, 1º vice-presidente Regional Norte 1 do ANDES-SN, e coordenador do GTPAMA e do seminário, “esse evento foi trazido para Rondônia com o objetivo de possibilitar os estudiosos, lideranças de movimentos sociais e políticas, bem como povo da região a se debruçarem sobre os grandes projetos de impactos ambientais e sociais na Amazônia, além disso, o ANDES-SN busca através de seminários como esse, aprofundar temáticas com objetivo de orientar o movimento docente e a sociedade em geral a tomarem posição em temas tão complexo como esse, pois discutir as hidrelétricas e sobre tudo ambiente é está preocupado com a vida no planeta. Nesse sentido estamos convidando todos os sindicatos e movimentos sociais, além das autoridades governamentais do Estado para participarem”.

A abertura está prevista para as 8h30m. A primeira mesa, que terá início às 9h, terá como tema Análise sociopolítica e Matriz Energética, e será composta pelo Prof. Dr. Dorival Gonçalves Júnior, do departamento de Engenharia da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMAT), por Elias Paulo Dobrovolski, da coordenação do Movimento Atingida por Barragens (MAB), e Frei Volmir, coordenador do Conselho Indigenista Missionário (CIMI).

Às 14h o tema a ser discutido será Impacto Ambiental das Centrais Hidrelétricas. A discussão contará com a participação do Prof. Dr. Antonio Libório Fhilomena, da Fundação Universidade Rio Grande (FURG), de Antonia Melo, representante do Movimento Xingu Vivo para Sempre, de Altamira estada do Pará, e de um representante do Ministério Público Federal.

Após as mesas, o debate será aberto ao público. Para finalizar o evento, às 17h, haverá um ato público na Praça Jonathas Pedrosas (centro).

Está sendo esperado, além de acadêmicos e lideranças de movimentos sociais e políticos, uma grande delegação das populações que serão atingidos pelas barragens das hidrelétricas do Madeira (Santo Antonio e Jirau), bem como uma delegação de indígenas.

O seminário conta com o apoio de várias instituições: MAB, CIMI, CPT, Comissão Justiça e Paz (CJP) da Arquidiocese de Porto Velho, UNIR, Faculdade Católica (FCR), TRT, Instituto Madeira Vivo, Rádio Caiari entre outras.


P r o g r a m a ç ã o

Local: Auditório do Tribunal Regional do Trabalho, Porto Velho
Data: 28/05
Horário: Abertura - 8h30
Mesa Análise sociopolítica e Matriz Energética -9h
Mesa Impacto Ambiental das Centrais Hidrelétricas -14h
Ato público na Praça Jonathas Pedrosas - 17h


Fonte: Adilson  Siqueira

 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão também analisou outros projetos que seguem para votação em Plenário...

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de Transposição de Peixes da UHE Jirau foi projetado pelos melhores especialistas no assunto

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr