Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Santo Antônio Energia reúne representantes da sociedade civil para explicar o desvio do rio Madeira


Santo Antônio Energia reúne representantes da sociedade civil para explicar o desvio do rio Madeira - Gente de Opinião

A construção da usina hidrelétrica Santo Antônio entra em uma nova fase. Está previsto para os próximos dias o desvio do rio Madeira, que deixará o seu leito natural e passará pelo vertedouro, uma estrutura com 15 vãos de 20x23 metros cada, que regulará o nível do reservatório quando a hidrelétrica começar a operar. O desvio para a estrutura construída deve iniciar o processo de enchimento gradual do reservatório e o início da construção da quarta casa de força, que será instalada no leito natural do rio.

 

Nesta terça-feira, a Santo Antônio reuniu representantes dos governos estadual e municipal, legislativo e de órgãos como Ibama,Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Delegacia do Trabalho, Incra, entre outros, para explicar como se dará o desvio do rio. O diretor técnico da concessionária, Antônio de Pádua, e o diretor de Sustentabilidade, Carlos Hugo Annes de Araújo, descreveram todos os passos que serão dados e os cuidados tomados para a realização de mais esta etapa da obra, como o resgate de todos os peixes da área.
 

A construção da usina Santo Antônio está com 34 meses – foi iniciada em setembro de 2008 – e a meta de início de geração é dezembro deste ano, com a entrada da primeira unidade geradora em operação, cuja capacidade de potência é equivalente a 71,4 MW. A energia gerada será enviada para uma subestação, que está sendo construída na altura do quilômetro 21 da BR-364, no sentido Rio Branco (AC), sendo disponibilizada para consumo na linha de transmissão da Eletronorte. Parte da energia gerada ficará em Rondônia e o que não for consumido será direcionado ao Sistema Interligado Nacional, em Araraquara (SP).
 

Em um segundo momento, a plateia foi composta por jornalistas, que representaram os diversos veículos de comunicação de Porto Velho. Os palestrantes esclareceram as dúvidas sobre o empreendimento como um todo e também a respeito do desvio do rio, foco do encontro.

 

Santo Antônio Energia
 

É a concessionária responsável pela construção e futura operação da usina hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia a ser gerada. A usinatem potência instalada de 3.150,4 megawatts e capacidade para abastecer 11 milhões de residências, ou aproximadamente 40 milhões de pessoas. O empreendimento tem investimento de R$ 15,1 bilhões e é referência em construção de hidrelétricas sustentáveis, pois utiliza tecnologia de ponta para melhor eficiência energética com menor impacto ambiental. Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Eletrobras Furnas, Odebrecht, Andrade Gutierrez, Cemig e o Fundo de Investimentos e Participações Amazônia Energia (FIP). A usina hidrelétrica Santo Antônio é uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.
 

Fonte: José Carlos Sá
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A