Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Santo Antônio Energia assina Termo de Compromisso com a FUNAI


 

Algumas das ações previstas já foram realizadas pela concessionária nos limites das Terras Indígenas Karitiana

Na última quinta-feira, 30 de setembro, a Santo Antônio Energia assinou um Termo de Compromisso com a FUNAI (Fundação Nacional do Índio) e a Energia Sustentável do Brasil, em Brasília, por meio do qual se comprometem a firmar dois convênios visando à implantação de ações compensatórias às comunidades indígenas – grupos aldeados e isolados - que vivem na região do Rio Madeira, em Rondônia.

Os convênios são denominados Fase 1 e Fase 2, sendo o primeiro emergencial, e contém ações que já estavam previstas nos processos de licenciamento e no Projeto Básico Ambiental (PBA) das Usinas Hidrelétricas Santo Antônio e Jirau. O investimento da Santo Antônio Energia é superior a R$ 4 milhões, sendo de sua responsabilidade adquirir materiais e ferramentas de trabalho para a entidade e as associações que representam os povos indígenas, bem como, a contratação de profissionais indicados pela FUNAI para reforço de sua equipe.

Como parte das atividades desenvolvidas no sul da Amazônia, a FUNAI montou um escritório administrativo em Porto Velho, criando a chamada frente do Madeira que irá desenvolver atividades mais intensas na região.

Para dar andamento ao trabalho, a Santo Antônio Energia aguarda a assinatura do documento que oficializa os termos do convênio Fase 1, que foi readequado e aguarda assinatura da FUNAI.

Santo Antônio Energia

É a concessionária responsável pela construção e futura operação da Usina Hidrelétrica (UHE) Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia a ser gerada. A usina tem potência instalada de 3.150,4 megawatts e capacidade para abastecer 11 milhões de residências, ou aproximadamente 40 milhões de pessoas. O empreendimento tem investimento de R$ 13,5 bilhões e é referência em construção de hidrelétricas sustentáveis, pois utiliza tecnologia de ponta para melhor eficiência energética com menor impacto ambiental. Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Eletrobras Furnas, Odebrecht, Andrade Gutierrez, Cemig e o Fundo de Investimentos e Participações Amazônia Energia (FIP). A UHE Santo Antônio é uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

Fonte: José Carlos Sá
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Universitários conheceram algumas estruturas do empreendimento

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Com o objetivo de conectar as cidades abastecidas de energia elétrica por usinas térmicas ao Sistema Interligado Nacional, a Eletrobras Distribuição R

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

As interligações previstas são as seguintes: a da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, com Parintins; a das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Ron