Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Regras para leilão de energia alternativa e de reserva devem ser divulgadas até 2ª




Rio de Janeiro – A portaria para o cadastramento das empresas que participarão do leilão de energia alternativa e de reserva, programado para o final de agosto, deverá ser divulgada amanhã (28) ou na próxima segunda-feira (31). A informação foi dada hoje (27) pelo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim.
 

A atual estimativa do governo é de que sejam cadastradas 478 usinas com potência de 14.529 megawatts (MW), sendo 399 desses projetos de energia eólica, com 10.569 MW de potencial de geração. Segundo Tolmasquim, o leilão de energia de reserva, aquela contratada para futura entrega, é para aumentar a segurança do sistema, atendendo a demanda excedente das distribuidoras. Já o pregão de fontes alternativas vai atender a demanda das distribuidoras.
 

"Você tem ambientes diferentes, por isso tem de pensar nos contratos. As regras não podem ser exatamente iguais. A ideia é aproveitar essa oferta e atender os dois leilões. Primeiro, você tem que atender a demanda e depois ter uma reserva. Sem dúvida, atender a demanda das distribuidoras é uma meta fundamental.”
 

Ainda está em análise se a energia eólica e a biomassa serão disputadas no mesmo leilão. O presidente da EPE destacou os avanços na geração de energia eólica no Brasil. “Nós estamos projetando,para os próximos dez anos, 14 mil MW de capacidade instalada das três fontes juntas, 35% para biomassa e eólica e o restante para PHCs [pequenas centrais hidrelétricas]. A eólica, a partir do leilão que ocorreu no ano passado, teve suas tarifas reduzidas em R$ 100 o MW/hora. A energia eólica ficou muito próxima das demais fontes e, agora, passou a ser uma fonte atrativa do ponto de vista do suprimento”, destacou.
 

Fonte: Agência Brasil

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Universitários conheceram algumas estruturas do empreendimento

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Com o objetivo de conectar as cidades abastecidas de energia elétrica por usinas térmicas ao Sistema Interligado Nacional, a Eletrobras Distribuição R

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

As interligações previstas são as seguintes: a da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, com Parintins; a das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Ron