Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Reassentamento Santa Rita é escolhido parareceber moradores do PA Joana D’Arc


 
Com 120 lotes, área terá toda a infraestrutura
adequada para moradia e cultivo da mandioca

Depois de cumprir rigorosamente o cronograma de reuniões com representantes do Joana D’Arc, uma das regiões sob a área de influência do futuro reservatório da Usina Hidrelétrica Santo Antônio, a Santo Antônio Energia adquiriu o lote de terras para o qual serão remanejadas 120 famílias desta comunidade. Também participaram dos encontros coordenadores do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O Reassentamento Santa Rita está situado a apenas 54 quilômetros da capital e ocupa uma área equivalente a 2.300 hectares. O local pode ser acessado por meio da BR 364 e pelo próprio rio Madeira. Além do critério de proximidade com Porto Velho e das vias de acesso facilitadas, a área também foi escolhida por conta da qualidade da terra para a agricultura, uma vez que a origem da renda familiar dos futuros moradores está na cultura de subsistência da mandioca.

“Todas as reivindicações da população foram prontamente atendidas pela Santo Antônio Energia. O apoio do MAB e Incra foi fundamental para que esta negociação fosse conduzida com cautela e transparência e se consolidasse com sucesso”, explica Roberto Camilo, administrador de empresas e gerente Fundiário da concessionária.

Cada um dos 120 lotes de terra serão compostos por 10 hectares. Nesta área, dois hectares estarão reservados para o pasto, quatro para o cultivo da mandioca e os quatro restantes poderão ser usados de acordo com a escolha de cada família. Os moradores ainda receberão com cada lote, mais 40 hectares de terra em zona de Reserva Legal, em áreas contíguas ou próximas ao reassentamento.

Em adequação às características da área rural, cada propriedade terá uma fossa, um poço artesiano com capacidade de cinco mil litros, e rede elétrica instalada. Todas as casas serão de alvenaria e terão 100 m2. O Santa Rita também terá escola, igreja, Centro Comunitário, Casa de Farinha e uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH), que fornecerá energia para iluminação das vias públicas internas. Assim como no PA Joana D’Arc, o órgão responsável pela administração do local, depois que toda a estrutura for entregue pela concessionária, será o Incra.

De outubro a dezembro, a Santo Antônio Energia realizará a preparação da terra e fará o plantio da mandioca. Com a chegada da época das chuvas, a cultura se desenvolverá e já estará avançada quando as famílias começarem a ser realocadas, a partir de abril de 2011. Este processo de remanejamento está previsto para terminar em junho, uma vez que o enchimento do reservatório acontecerá em agosto.

No final de julho deste ano, a empresa responsável pela construção e futura operação da UHE Santo Antônio realizou visitas dos moradores do Joana D’Arc ao local e apresentou a região e suas características agrícolas. “Durante a execução do Programa de Remanejamento da População Atingida, no qual investimos mais de R$ 300 milhões, a nossa prioridade é oferecer conforto a todas as comunidades e deixá-las à vontade para escolher onde preferem ser realocadas”, finaliza Camilo.

Fonte: José Carlos Sá
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A