Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

PROJETISTAS COMPROVAM QUE SIBAR É UMA EXCELENTE FERRAMENTA PARA ANÁLISE DO DESEMPENHO DAS BARRAGENS E ESTRUTURAS DA UHE JIRAU


PROJETISTAS COMPROVAM QUE SIBAR É UMA EXCELENTE FERRAMENTA PARA ANÁLISE DO DESEMPENHO DAS BARRAGENS E ESTRUTURAS DA UHE JIRAU - Gente de Opinião

Desde 2015, a Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau implantou em parceria com a THEMAG (desenvolvedor) o Sistema de Instrumentação de Barragem (SIBar) para realizar o monitoramento das barragens e estruturas do empreendimento. O SIBar é totalmente customizado e automatizado, que fornece dados em tempo real, facilitando e agilizando a análise do comportamento da instrumentação das barragens e estruturas da Usina frente a tomada rápida de decisões.

Entre as vantagens e facilidades trazidas pelo SIBar, estão a possibilidade de acompanhar os dados do monitoramento das barragens e estruturas de qualquer lugar conectado à internet, ou no modo off-line, o acompanhamento do histórico desde a construção da Usina e a possibilidade de alertas em caso de situações anômalas.

O Coordenador Civil da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da UHE Jirau, Claudiney Freitas, explica que o SIBar é uma ferramenta de gestão informatizada que compreende o PSB – Plano de Segurança da Barragem, sobretudo, dos dados da instrumentação de auscultação e inspeções que fornece ao projetista condição de rapidez para análise com altíssima confiabilidade.

“As equipes de inspeção e auscultação de Jirau realizam o monitoramento das barragens e estruturas com IPads, via QR Codes (em cada instrumento) carregando diretamente o Sistema. O SIBar, através de rotinas programadas, consiste e cruza informações em ambientes gráficos, traduzindo os comportamentos para análise e diagnóstico dos projetistas, que fazem as avaliações de maneira rápida e segura. O SIBar traz a facilidade de uma análise muito mais rápida que no passado”, fala Freitas.

Para o projetista da empresa THEMAG, responsável pelas barragens da UHE Jirau Paulo Sérgio Dib, o SIBar é uma ferramenta de grande utilidade para armazenamento de dados e facilidade de acesso às informações, tanto gráficos quanto posicionamento das medidas efetuadas e a que níveis estão. “O SIBar pode dar indicações sobre a situação em que a estrutura se encontra naquele momento, inclusive comparando com seu histórico. Este sistema oferece informações que antigamente não tínhamos, que precisaríamos de meses para fazer um gráfico e hoje o SIBar fornece o gráfico à medida que é feita a leitura em campo. Este Sistema é um grande subsídio para análise final, comprovando a perfeita normalidade do comportamento e o excelente desempenho das estruturas como é o caso da UHE Jirau”, explica Dib.

O projetista da empresa THEMAG responsável pelas estruturas de concreto da UHE Jirau, Giacomo Re, conta que participou do projeto da Usina Hidrelétrica Itaipu e ressalta a facilidade de análise com o SIBar. “Antigamente os dados eram trazidos em uma folha de papel, que depois iria ser transcrita, eventualmente para um computador ou para outra folha de papel. Aí já tinha a possibilidade de ter erro de transcrição. Hoje, o leiturista pode ir no local, com Ipad ou um Smartphone fazer a leitura do QR Code e cadastrar a leitura do instrumento, eliminando os erros e garantindo a qualidade dos dados. Automaticamente esta medida é armazenada no sistema”, fala.

Ele completa dizendo que com este sistema, barragens com grande quantidade de instrumentos, como no caso de Jirau, é muito fácil fazer uma RPS - Revisão Periódica de Segurança. “Você pega o Ipad e faz. Se tivesse algum dado anômalo, estaria em vermelho, saltaria aos olhos, você não precisa ler cada número para saber se existe anormalidade. Vai direto no problema. Você tem diversas informações olhando uma tela, neste caso, com o SIBar, é rápido verificar a perfeita condição de normalidade dos comportamentos diante dos critérios de projeto, como no caso de Jirau”, conclui.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A