Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Programa Acreditar Junior forma a primeira turma de jovens aprendizes


Programa Acreditar Junior forma a primeira turma de jovens aprendizes - Gente de Opinião

Ao oferecer qualificação, preparando os jovens para o mercado de trabalho, o programa Acreditar Junior proporciona oportunidades aos jovens, contribui com a cidadania e a sua auto-estima.

A Construtora Norberto Odebrecht e o Senai realizaram no último sábado, dia 7, o evento de formatura da primeira turma de jovens aprendizes do Programa de Educação e Aprendizagem Juvenil- Acreditar Junior. No evento, ocorrido no ginásio do Sesi, receberam os certificados 164 jovens alunos que participaram gratuitamente dos cursos de Mecânica de Manutenção de Automóveis, Mecânica de Motor a Diesel, Método e Técnicas de Gestão da Produção e Operador de Sistema de Computador.

O Acreditar Junior é oferecido pela Odebrecht, em parceria com o Senai, a filhos de funcionários do CSAC (Consórcio Santo Antônio Civil) que tenham entre 14 e 17 anos e que estejam cursando, no mínimo, o 6º ano do ensino fundamental. O objetivo do programa é preparar os jovens para o mercado de trabalho. Os cursos tiveram a duração de um ano e carga horária de 880 horas. Além das aulas práticas, os alunos participaram das disciplinas teóricas que abrangeram temas importantes como Adolescência, Saúde, Meio Ambiente, Educação Financeira e TEO (Tecnologia Empresarial Odebrecht). Participando do Acreditar Junior os alunos possuem contrato de aprendiz. Recebem meio salário mínimo e têm garantidos todos os outros direitos como FGTS, férias remuneradas, 13º salário, vale-transporte e seguro de vida. Atualmente continuam em curso no programa outros 575 alunos.

O jovem Anderson Rodrigues Sampaio, 15 anos, foi um dos formandos de Gestão da Produção. Feliz com a formatura, reconheceu a importância do curso para seu futuro. “Resolvi participar porque sei da importância deste conhecimento para meu futuro. Além disso, a iniciativa de criação do programa é boa porque dá oportunidade para os jovens ocuparem seu tempo evitando que entrem para o mundo das drogas”, frisou.

Emoção

O evento de formatura contou com as presenças do diretor superintendente da Construtora Norberto Odebrecht, José Bonifácio Pinto Junior, o gerente administrativo e financeiro do CSAC, Antonio Cardilli, o presidente do sistema Fiero, Denis Baú, a diretora de operações do Senai de Rondônia, Adir Josefa de Oliveira, e o auditor fiscal do Trabalho, Vilmo Alves. Todos fizeram discursos emocionados.

Segundo o diretor da Odebrecht, Bonifácio Pinto Junior, o programa é inovador. “Não colocamos os jovens para trabalhar, mas os colocamos nas salas de aula para aprenderem um ofício. Queremos proporcionar a estes jovens não apenas a formação profissional como também a formação para a vida. Este é o maior legado que vamos deixar aqui”, frisou.

O gerente administrativo e financeiro do CSAC, Antonio Cardilli, tentou segurar as lágrimas ao falar aos formandos. “Minha história se mistura com a de vocês. Olho vocês e me vejo lá atrás”, declarou. “Comportamento e atitude são as coisas mais importantes que procuramos transmitir aqui para que vocês escolham o caminho do bem. Não existe nada sem amor e sem fé. Eu acreditei e continuo acreditando em vocês. Não desistam de seus sonhos e continuem no caminho do bem”, salientou.

O pastor Lourimar, falando também em nome do padre Maurício Ribeiro, abençoou os formandos. Os oradores Thalis Ferreira e Suzan Queli lembraram que a conquista do diploma é apenas o início de uma longa jornada. “Recordamos tudo o que passamos no curso e levamos muitas pessoas no coração. Estamos começando nossa trajetória e venceremos todos os desafios”, disseram os oradores. Após a entrega dos certificados os formandos participaram de um coquetel e puderam se divertir ao som do conhecido DJ Leudson, de Rondônia, que se apresentou no evento a pedido dos formandos.


Fonte: Carla Nascentes
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Universitários conheceram algumas estruturas do empreendimento

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Com o objetivo de conectar as cidades abastecidas de energia elétrica por usinas térmicas ao Sistema Interligado Nacional, a Eletrobras Distribuição R

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

As interligações previstas são as seguintes: a da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, com Parintins; a das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Ron