Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Novas UHEs e interligação reduzirão custo de energia


A Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), que subsidia a geração de energia termelétrica nas áreas não atendidas pela rede geral de eletrificação (sistemas isolados), poderá ser reduzida em breve com a interligação do sistema de geração no Acre e Rondônia ao de Mato Grosso. No futuro próximo, a geração hidrelétrica na região Norte receberá um reforço de 6.450 MW com a entrada das UHEs Santo Antônio e Jirau.

A CCC é um encargo setorial pago mensalmente por todos os agentes que vendem energia elétrica para o consumidor final. Os valores são fixados anualmente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para cada concessionária de distribuição.

Em audiência pública na Comissão de Minas e Energia, o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Josias Matos de Araújo, explicou que a conta tem prazo até 2023, mas será eliminada à medida que o sistema termelétrico for substituído pelo hidrelétrico e que as redes de transmissão da região forem interligadas às de outros estados.

A audiência sobre o assunto foi sugerida pelos deputados Arnaldo Jardim (PPS-SP) e Eduardo Valverde (PT-RO). Jardim questionou a cobrança do encargo, criado em 1973, tão logo ele atinja seu objetivo. "Vivemos em um país em que o provisório se torna permanente. Todos nós acreditamos que a CCC deve acabar. Ela termina quando se implanta na região Norte a produção própria de energia. Sonhamos que seja a de base hidrelétrica, limpa e renovável", disse.


Perda de competitividade

O presidente da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e Consumidores Livres (Abrace), Ricardo Lima, também reclamou da incidência de encargos sobre as tarifas. Em sua opinião, essa cobrança leva à perda de competitividade da economia brasileira.

Lima lembrou que a fatura de energia hoje é composta de 51,6% de encargos e tributos, enquanto essa percentagem é de 23% na Itália, que possui as maiores taxações entre os países ricos.

Energia e Meio Ambiente, com informações da Agência Câmara

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A