Porto Velho (RO) quinta-feira, 19 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

MPs obtêm suspensão da retirada de moradores de Mutum-Paraná


 


Justiça Federal reconsiderou liminar que deu 10 dias para moradores deixarem o local e fará audiência no próximo dia 29



A pedido do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Estado de Rondônia (MP/RO), a Justiça Federal suspendeu o cumprimento da decisão liminar que determinava o prazo de 10 dias para a saída de vários moradores da área afetada pela construção da hidrelétrica de Jirau, em Mutum-Paraná, distrito de Porto Velho. Uma audiência foi marcada para o dia 29 deste mês, ocasião em que a Justiça, representantes dos moradores e os MPs tratarão a questão.

Na decisão, o juiz Flávio Andrade pontua que entre os verdadeiros moradores de Mutum-Paraná, há agora pessoas oportunistas buscando indevidamente uma indenização e uma residência no assentamento (para remanejamento populacional) construído pela ESBR (Energia Sustentável do Brasil), empresa responsável pela construção da hidrelétrica de Jirau.

O magistrado também afirma que os MPs são autorizados a fazerem levantamento de campo necessário para esclarecimento da questão e a empresa construtora deve demonstrar com clareza e segurança quais ocupantes devem ter seus direitos resguardados e quais devem ser dali retirados coercitivamente por ordem do Estado. Para tanto, marcou a audiência no dia 29.

O pedido para suspensão da liminar foi levado à Justiça Federal na tarde de 7 de outubro, véspera da reunião entre os MPs e os moradores de Mutum-Paraná na sede do Ministério Público Estadual.


 

Fonte: MPF/RO (www.prro.mpf.gov.br)
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A