Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia gerada a partir de hidroeletricidade e programas sociais vão unir Brasil e Guiana




Roberta Lopes
Agência Brasil

 

Brasília – O Brasil e a Guiana querem aumentar seus projetos de parceria e as trocas comerciais, disseram hoje (7) o ministro de Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, e a ministra de Negócios Estrangeiros da Guiana, Carolyn Rodrigues-Birkett. Eles estiveram reunidos nesta terça-feira para tratar, entre outros assuntos, de projetos de interesse dos dois países e das relações bilaterais.
 

Segundo Patriota, os dois países têm interesse em cooperar na área de energia, pois a Guiana “tem um grande potencial hidrelétrico”. A ministra da Guiana chegou a fazer uma visita a Eletrobras para conversar sobre o assunto. Carolyn Rodrigues acredita que a parceria na área de produção de energia a partir da hidroeletricidade é possível e que ambos os países podem se beneficiar de um possível acordo.
 

Patriota disse ainda que a Guiana tem interesse em compartilhar os programas sociais brasileiros, como o Programa Brasil sem Miséria. A ministra destacou o êxito do Brasil em reduzir a pobreza. “Embora a Guiana seja um país pequeno, queremos aprender com o Brasil como reduzir a pobreza”.
 

Ela disse ainda que o seu país está interessado em exportar para o Brasil pescado e rum. Segundo Carolyn, a bebida produzida na Guiana é considerada a melhor do mundo.
 

De acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, a corrente de comércio entre os dois países passou de US$ 8,78 milhões para US$ 35,6 milhões. Entre 2010 e 2011, o intercâmbio comercial aumentou 26%.
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A