Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Eletronuclear altera paradas de Angra 1 e Angra 2 para garantir abastecimento na Copa




Nielmar de Oliveira
Agência Brasil

 

Rio de Janeiro – Devido à Copa do Mundo de 2014, que ocorre no país em meados do próximo ano, a Eletronuclear (subsidiária da Eletrobras) decidiu alterar o cronograma de paradas programadas das usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 previstas para o próximo ano.
 

Segundo a Eletronuclear, a mudança levou em consideração as datas de abertura e encerramento do Mundial – 12 de junho e 13 de julho, respectivamente.
 

Cada uma das usinas faz uma parada por ano para a troca do combustível nuclear, o que leva em média de 20 a 30 dias. Em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os serviços serão realizados em março e julho, após o encerramento da Copa, que terá sua partida final no dia 13 de julho.
 

Com a alteração, Angra 1 programou a parada para o dia 23 de março. Angra 2 vai parar em julho, após o final da Copa.
 

As duas usinas do complexo nuclear produzem, juntas, cerca de 2 mil megawatts (MW) de energia, respondendo por cerca de 40% da demanda de todo o estado do Rio de Janeiro.

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A