Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Comissão de senadores visita UHE Santo Antônio


Comissão de senadores visita UHE Santo Antônio - Gente de Opinião
 


Três senadores, um deputado estadual e o secretário-chefe da Casa Civil do Governo de Rondônia visitaram, na tarde deste domingo o canteiro de obras da UHE Santo Antônio. A visita foi sugerida pelo senador Ivo Cassol (PP-RO) e aprovada pela Comissão de Meio-Ambiente, Controle e Fiscalização do Senado, para verificar a situação dos canteiros de obras das usinas de Jirau e Santo Antonio e posterior acompanhamento do cronograma e das compensações previstas no contrato.

Recebidos pelo diretor superintendente da Odebrecht, José Bonifácio, e pelo diretor de contrato da montagem eletromecânica, Miguel Senna, os senadores Reinaldo Rolemberg (DF), presidente da comissão; Ivo Cassol e Valdir Raupp (RO), o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Válter Araújo e o chefe da Casa Civil do governo de Rondônia, Ricardo de Sá Vieira visitaram as obras nas duas margens do Rio Madeira, além das áreas de lazer e alojamentos dos trabalhadores.

Para Rolemberg, a obra “impressiona pela magnitude, pela organização e pelo ar de tranqüilidade do ambiente. Conversei com alguns trabalhadores e tenho a certeza que os prazos contratuais serão cumpridos”. O senador Valdir Raupp, que visita a obra periodicamente, disse que é “gratificante ver tudo isso, estas máquinas enormes (referindo-se às peças das turbinas), que já estarão gerando energia no final deste ano”.

O senador Ivo Cassol, preocupado com a fase posterior à construção da hidrelétrica disse que está trabalhando para que seja adotado o “ICMS Verde”, para garantir a Rondônia que o desenvolvimento que ocorre neste momento das obras das duas usinas do Madeira se prolongue por muito tempo. “A obra está adiantada e já tem 50% dos trabalhos concluídos. O importante para nós, agora, é fazer aprovar o projeto do ICMS Verde para que Rondônia consiga manter empregadas as pessoas que trabalham aqui e em Jirau depois que as obras terminarem”.


 

Comissão de senadores visita UHE Santo Antônio - Gente de Opinião

Santo Antônio Energia


É a concessionária responsável pela construção e futura operação da usina hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho (RO), e pela comercialização da energia a ser gerada. A usina tem potência instalada de 3.150,4 megawatts e capacidade para abastecer 11 milhões de residências, ou aproximadamente 40 milhões de pessoas. O empreendimento tem investimento de R$ 15,1 bilhões e é referência em construção de hidrelétricas sustentáveis, pois utiliza tecnologia de ponta para melhor eficiência energética com menor impacto ambiental. Os acionistas da Santo Antônio Energia são as empresas Eletrobras Furnas, Odebrecht, Andrade Gutierrez, Cemig e o Fundo de Investimentos e Participações Amazônia Energia (FIP). A usina hidrelétrica Santo Antônio é uma das principais obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

 

Fonte/fotos: José Carlos Sá
 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A