Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Chesf investe R$ 1 bi em interligação no NE


Entre 2003 e 2008, a companhia investiu R$ 500 milhões em transmissão de energia para o Ceará 

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) prevê, neste ano, a aplicação de R$ 1 bilhão no Nordeste para garantir a interligação da sua rede de transmissão com as de outras companhias que fazem parte do circuito integrado de funcionamento do sistema elétrico brasileiro, permitindo assim a transferência de energia entre as regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste, que contribuem para o reforço de abastecimento elétrico na Região. 

Nos últimos seis anos, por exemplo, o Ceará foi o Estado do Nordeste que mais recebeu recursos da Chesf. Entre 2003 e 2008, a companhia investiu R$ 500 milhões em empreendimentos que fazem a transmissão de energia, correspondendo a 25% de tudo que a companhia investiu no Nordeste nesse período(R$ 2 bilhões). 

Só em 2008, foram aplicados R$ 110 milhões dos R$ 680 milhões destinados para a Região. Além do Ceará, os maiores beneficiados nestes anos foram a Bahia, com R$ 474 milhões seguida do Pernambuco, com R$ 292 milhões. 

Segundo a Superintendência de Planejamento da Expansão da Chesf, a maior parte do dinheiro veio para o Ceará por conta da ampliação da interligação da Região Norte do País com o Nordeste e da implantação de uma linha de alta tensão que liga Paulo Afonso, na Bahia, a Capital cearense. 

Obras no Estado 

De forma detalhada, as principais obras executadas pela Chesf no Ceará foram a construção de linhas de transmissão entre Fortaleza e Cauípe; entre Milagres e Tauá; entre Banabuiú e Mossoró, no Rio Grande do Norte; e entre Picos, no Piauí, e Tauá. 

Nas subestações, os investimentos ocorreram com a instalação de transformadores nas unidades de Fortaleza, Icó, Sobral, Cauípe, Russas e Banabuiú. A Chesf possui 90 subestações no Nordeste, sendo que 15 delas estão localizadas no Ceará, e 19 mil quilômetros de linhas de transmissão na Região.

Fonte: Diário do Nordeste/CE 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão também analisou outros projetos que seguem para votação em Plenário...

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de Transposição de Peixes da UHE Jirau foi projetado pelos melhores especialistas no assunto

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr