Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

BNDES aprova R$ 10,9 bi em projetos de energia elétrica


O desempenho do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi recorde no primeiro semestre do ano, quando os desembolsos chegaram a R$ 43 bilhões, o que representa um aumento de 11% em relação ao mesmo período do ano anterior. Somente na área de energia elétrica, os projetos aprovados apresentaram expansão de 192%, atingindo R$ 10,9 bilhões. No mesmo período do ano passado, de acordo com o banco, o total foi de R$ 3,7 bilhões.

"O forte crescimento em energia elétrica no primeiro semestre de 2009 deve-se, particularmente, à aprovação de recursos para a construção da hidrelétrica de Jirau (RO, 3.450 MW), no valor de R$ 7,2 bilhões", comentou o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. As consultas para novos investimentos cresceram 40% em relação ao valor obtido entre os meses de janeiro e junho do ano anterior, totalizando R$ 111,7 bilhões e os enquadramentos subiram 46%, somando R$ 95,6 bilhões, no período analisado. "O resultado das consultas sinaliza a continuidade dos investimentos na economia brasileira. Há uma confiança de que a economia vai crescer e poderá sustentar um crescimento de 4% a 4,5% nos próximos quatro anos", analisou Coutinho.

De acordo com o executivo, as aprovações para o setor de infra-estrutura cresceram 45% no primeiro semestre, totalizando R$ 23,7 bilhões, sendo R$ 11,6 bilhões referentes a 26 projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Nos mesmos meses de 2008, as aprovações para infra-estrutura somaram R$ 16 bilhões, dos quais R$ 4 bilhões eram destinados a projetos do PAC. Quanto aos desembolsos, o segmento de infra-estrutura apresentou crescimento de 9% entre janeiro e junho, chegando a R$ 16,4 bilhões.

Na infra-estrutura, o principal destaque foram os setores de transportes e de energia elétrica. Somente neste último segmento foram desembolsados nos últimos 12 meses R$ 11,1 bilhão, devido aos projetos em carteira no âmbito do PAC, a exemplo das hidrelétricas de Estreito (TO, 1.087 MW), Santo Antônio (RO, 3.150 MW) e Jirau.

Agência Canal Energia/Negócios

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A