Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Banco Mundial financiará reestruturação de distribuidoras de energia


Representantes do Banco Mundial estiveram em outubro na Sede Administrativa da Ceron, com o Procurador e Assessor da Presidência Inácio Azevedo e com o Diretor de Planejamento e Expansão, Leonardo Lins.

O objetivo do encontro foi ajustar o acordo firmado entre Eletrobrás e Banco Mundial, com o intuito de reestruturar as Empresas Distribuidoras de Energia da Eletrobrás. A instituição financeira irá investir em obras de expansão das atividades de distribuição de energia elétrica, por meio de financiamento concedido à Ceron e as outras Distribuidoras de Energia Elétrica controladas pela Eletrobrás.

No caso da CERON, pleiteia-se a inclusão no financiamento, entre outras, de obras de construção de linhas de transmissão e subestações para interligar várias localidades do sistema isolado ao sistema hidrotérmico de Rondônia, e investimentos em ampliação de redes urbanas. Consta do planejamento a execução de obras até o ano de 2012.

Para que o acordo se concretize, o Banco Mundial exige da empresa a adoção com maior controle de procedimentos que reduzam os impactos socioambientais, a necessidade de firmar protocolos com órgãos ambientais; de evitar deslocar famílias de suas propriedades e evitar a desapropriação de terras e atividades que impliquem em impacto no núcleo urbano ou rural de pequena produção.

“Temos uma grande expectativa de que com a concretização do financiamento e a execução das obras planejadas, a qualidade dos serviços hoje prestados pela CERON irá melhorar consideravelmente em nosso estado”, disse Inácio Azevedo.

O Banco Mundial

A instituição internacional foi criada para ajudar governos em países em desenvolvimento a reduzir a pobreza por meio de empréstimos e experiência técnica para projetos em diversas áreas, visando a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Segundo informações do website http://www.bancomundial.org.br, o Banco Mundial é uma das maiores fontes de conhecimento e financiamento do mundo, que oferece apoio aos governos dos países membros em seus esforços para investir serviços essenciais, tais como fornecimento de água e energia, combate a doenças e proteção do meio ambiente.

O apoio prestado ao país mutuário é orientado por uma única estratégia – chamada pelo Banco de Estratégia de Assistência ao País, planejada pelo próprio país com a participação do Banco Mundial. Participam também outros doadores, grupos de ajuda e organizações da sociedade civil.

Fonte: Erica Bianco

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A