Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

Alckmin diz que pode aplicar sanções a operadoras de energia elétrica


 

São Paulo – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou hoje (8) que estuda aplicar sanções às operadoras que distribuem e transmitem eletricidade na região metropolitana de São Paulo por conta dos blecautes recorrentes.
 

Segundo o governador, a Secretaria de Energia e a Fundação Procon convocaram a Eletropaulo e a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep) para que prestem esclarecimentos imediatamente. De acordo com Alckmin, o número de interrupções de energia está excedendo a normalidade. “Claro que nessa época de chuva, tem uma interrupção a mais. Mas tem sido numa proporção muito maior do que nos últimos anos”.
 

Alckmin disse ainda que comunicou Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) sobre o ocorrido.
 

De acordo com a Secretaria de Energia, cerca de 625 mil unidades de consumo ou 2,5 milhões de pessoas foram atingidas pela falta de energia em São Paulo hoje. A Cteep informou que às 15h11 um dos três transformadores da Subestação Bandeirantes apresentou falha, o que levou ao desligamento dos outros dois transformadores.
 

A companhia afirmou ainda que, dez minutos depois, às 15h21, colocou os outros dois transformadores em operação para o restabelecimento de energia. Após religar os transformadores, uma nova falha foi detectada. Houve queda de energia novamente entre as 16h40 e as 16h45.
 

A Eletropaulo informou que as regiões atingidas foram Jardins (avenidas Paulista e Brigadeiro), Bela Vista (Rua 13 de Maio e imediações), parte da zona sul (Vila Olímpia e Itaim-Bibi) e alguns bairros da zona oeste, como Vila Leopoldina, Perdizes e Pinheiros. No final da tarde, o fornecimento de energia já havia voltado à normalidade.
 

A falta de energia elétrica fez com que o Aeroporto de Congonhas operasse com auxílio de geradores. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o blecaute no local durou cerca de cinco minutos, período em que os geradores entraram em funcionamento. A Infraero informou que a falta de energia não causou nenhum tipo transtorno no aeroporto.
 

O blecaute também não interferiu na movimentação de trens e do metrô. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou aumento no trânsito na cidade por causa do desligamento de semáforos.


 
Fonte: Daniel Mello e Bruno Bocchini / Agência Brasil

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Energia Sustentável do Brasil assina termo de compromisso com ICMBio para investimento em unidades de conservação na Amazônia

Duas unidades de conservação na Amazônia receberão investimentos da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE)

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

Teste de autorrestabelecimento é feito com sucesso na UHE Jirau

As Unidades Geradoras (UG) são desligadas para simular um apagão

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

SPIC - Chinesa tem pressa para comprar hidrelétrica Santo Antônio

As negociações duram mais de um ano, e agora a SPIC corre para concluir a transação antes da posse de Bolsonaro na Presidência

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

Mais de 940 mil m³ foram dragados do rio Madeira em 2018

O processo consiste em escavar o material que está obstruindo o canal de navegação e bombear o volume a pelo menos 250 m de distância desse canal.A