Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

2009: ANO DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS


 
Neste ano de 2009, todas as ações dos Fóruns Permanente de Sustentabilidade da Amazônia e do Litoral Norte Paulista e a Rede Ecoturismo de Comunicação, estão literalmente voltadas para a luta do planeta em torno das Mudanças e Justiça Climática, que tem em Gisele Bündchen a Embaixadora nomeada pela ONU.

Inúmeras ações sinergéticas estão sendo conduzidas numa rede de atos que começaram em maio no Seminário de Sustentabilidade e Pré-Sal no Litoral Norte Paulista, referendado pelo VII Seminário Internacional de Sustentabilidade e VIII Prêmio Ecoturismo & Justiça Climática, recém encerrado na cidade de Porto Velho nesta última semana de outubro, e alavancados pela Eco Expedição Brasil Copenhagen de Justiça Climática, que sairá do porto de Santos, de navio da Grimaldi Lines, com carros de jornalistas e cinegrafistas, até a África e depois via rodoviária até Copenhagen na Dinamarca, onde no dia 7 de dezembro se encontrarão com comitivas de todas as partes do mundo, em torno da COP-15, a Mega Convenção da ONU de Mudanças Climáticas.

O grupo ambiental brasileiro levará milhares de DVD´s e livros "Do Pré-sal ao Aquecimento Global", contendo a Carta de Porto Velho e ações amazônicas e rondonienses de combate e diminuição de desmatamento e queimadas das autoridades e do povo rondoniense, com testemunho da TV Ecoturismo pela web, que registrará todas as ações em consonância com as campanhas contra o aquecimento Global TicTacTicTac e 350 graus e juntando-se as vozes de milhares de ambientalistas em todo o Brasil, no mesmo foco.

Rondônia está encabeçando paralelamente um grupo de empresários do comércio e indústria que participarão com amazonenses e acreanos de feiras ambientais e negociais, que estarão sendo levadas a efeito pelas mãos da consultora ambiental dinamarquesa Dorte Serles que esteve nesta semana organizando com setores de comando empresariais rondonienses esta comitiva.

As discussões ambientais e climáticas deste VII Seminário de Sustentabilidade, que ocorreu dias 26 e 27 de outubro na UNIRON no Shopping, demonstram o amadurecimento de Rondônia nas questões culturais, turísticas e ambientais que reforçam o tema central do mega evento recém acabado "Porto Velho é a capital da Cultura, da Sustentabilidade e da Justiça Climática" e está dando o exemplo para estas e outras gerações e certamente, ao lado dos outros 51 municípios, prometem fazer uma ação modelo na Conferência chamada COP-15 de Mudanças Climáticas, que mudará os termos do atual Protocolo de Kyoto, que regulará entre outros fatos o mercado de crédito de carbono e no chamado mercado de Negócios Verdes.

O evento ambiental rondoniense que lutou pela redução de gases de efeito estufa teve o patrocínio da Eletrobrás, Eletronorte, Caixa Econômica Federal, Governo de Rondônia, Consórcio Cowan Triunfo, Bs Construtora, Rede Gurgacs de Comunicação e apoio da Fundação Iaripuna e Prefeitura de Porto Velho e o comando do ambientalista Hércules Góes, presidente da Câmara Venezuela Brasileira de Comércio e Indústria e Diretor de Turismo Sustentável da Confederação Nacional de Turismo – CNTur.

Fonte: Ana Joppert

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

Coopprojirau e Observatório ambiental visitam UHE Jirau

A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, mantém uma agenda de visitas institucionais que inclui os pr

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Estudantes de engenharia visitam UHE Jirau

Universitários conheceram algumas estruturas do empreendimento

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Obras do Linhão de Machadinho e Buritis serão licitadas em Outubro

Com o objetivo de conectar as cidades abastecidas de energia elétrica por usinas térmicas ao Sistema Interligado Nacional, a Eletrobras Distribuição R

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

Linhão vai interligar o Amazonas com as usinas de Rondônia e Pará

As interligações previstas são as seguintes: a da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, com Parintins; a das usinas de Jirau e Santo Antônio, em Ron