Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional - Gente de Opinião

Energia e Meio Ambiente - Internacional

2 anos após licenciamento, consórcios querem aumentar capacidade usinas Madeira



Mais de dois anos após o licenciamento das hidrelétricas do rio Madeira (RO), os consórcios construtores das usinas de Santo Antonio e Jirau entraram com pedido na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para ampliar a capacidade de geração de energia.

Segundo informação do jornal O Globo, o consórcio Energia Sustentável do Brasil (composto pela construtora brasileira Camargo Correa e a franco-belga Suez) pretende implantar seis turbinas a mais em Jirau, que se somariam as 44 já previstas e aumentariam a capacidade total de geração de 3.300MW para 3.750MW. Para tanto, seria necessário investimento adicional de R$1 bilhão.

O consórcio Santo Antonio Energia, controlado pela construtora Odebrecht e a estatal Furnas, quer ampliar a geração da usina de Santo Antonio em 255MW, para isso construindo três casas de força a mais do que o inicialmente previsto, e incorporar mais quatro turbinas. O investimento a mais seria de R$1,15 bilhão a mais no projeto.

As mudanças dependem ainda da autorização da Aneel e do Ministério de Minas e Energia. O pedido de aumento de geração de Jirau foi feito formalmente à agência na última quinta-feira (12).

Pressa

O presidente Luis Inácio Lula da Silva, ao visitar o canteiro de obras na sexta-feira, cobrou pressa na liberação das licenças. "Vai precisar da autorização da Aneel, do Ministério do Meio Ambiente e, obviamente, do presidente da República. Eles que sejam espertos, porque eu só tenho mais quatro meses e pouco de mandato", disse, referindo-se ao pedido de Jirau, segundo reporta o jornal O Globo.

Ao mesmo tempo em que procuram aumentar sua capacidade de produção, as duas usinas já anteciparam o início da geração. O interesse se justifica pela possibilidade de obter o retorno antecipado dos investimentos. A energia excedente será negociada no mercado livre de energia, destinado aos grandes consumidores, que pagam acima do negociado com as distribuidoras.

Fonte: Amazonia.org.br
Link: http://www.amazonia.org.br


 

Mais Sobre Energia e Meio Ambiente - Internacional

Hidrelétrica Santo Antônio comemora o Dia da Árvore com criação de bosque

Hidrelétrica Santo Antônio comemora o Dia da Árvore com criação de bosque

Na manhã de hoje, em comemoração ao Dia da Árvore, foi inaugurado um bosque na Hidrelétrica Santo Antônio. A área de mais de dois hectares, o equivale

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão da ALE aprova projetos que retiram incentivos das usinas do Madeira

Comissão também analisou outros projetos que seguem para votação em Plenário...

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de transposição de peixes da UHE Jirau é referência

Sistema de Transposição de Peixes da UHE Jirau foi projetado pelos melhores especialistas no assunto