Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Economia

O consumo volta a gerar crescimento da economia


O consumo volta a gerar crescimento da economia - Gente de Opinião

O Boletim Focus, que,  na semana passada, estimava o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de bens e serviços produzidos internamente no País durante o ano,  chegaria ao fim do ano em 5,27%, foi aumentado esta semana para 5,29%. Isto é muito positivo e interessante, pois, reflete a recuperação e o crescimento da economia movida por um consumo maior. Aliás, é preciso ressaltar que, como fruto da melhoria do combate ao Covid-19 e do aumento da vacinação, já como resultado no 1º semestre do ano, o desempenho  dos indicadores demonstravam a recuperação gradual do mercado de trabalho. É de se destacar que, o dado que se tem mais recente, é o avanço de 1,2% do PIB no 1º trimestre deste ano, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que reforça a retomada da economia. Principalmente pelo lado da oferta, onde se destaca o crescimento nos setores agropecuário, indústria e serviços. Na demanda se comemora o  crescimento da formação bruta de capital fixo, seguido das exportações. Também os dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) e da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) refletiram a consolidação da atividade econômica com altas próximas de 2%, o que considerando os revezes de nossa economia pode ser considerado muito bom, principalmente porque a maior alta ocorreu no subsetor Móveis e Eletrodomésticos (24,8%). Comemora-se também a resiliência do emprego que, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), abriu 280.666 vagas de emprego com carteira assinada em maio, no quinto mês seguido de saldo positivo.  Quando se examina o emprego formal, em maio, em Rondônia, se observa foram registradas 9.882 contratações e 8.584 demissões, gerando um saldo de 1.298 novos empregos no estado. É um crescimento de 15%, o que considerando-se a situação atual pode ser considerado um ótimo resultado. Também os dados da Secretária de Finanças mostram que a arrecadação de junho, de R$ 616, 5 milhões é 34,7% maior do que a do ano passado consolidando uma maior arrecadação que já havia sido constatado que, na comparação do primeiro semestre de 2021 com o do 2020, a arrecadação de impostos estaduais foi 26,2% maior. Não é, portanto, de estranhar que a confiança do empresário do comércio tenha tido uma alta de 11,7% em julho, a segunda consecutiva no ano, com o nível de confiança voltando para a zona de satisfação, com 107,8 pontos, o que não acontecia desde março deste ano. Isto mostra que, cada vez mais,  os empresários reconhecem que as condições econômicas passaram a ser favoráveis, a partir da suspensão das medidas restritivas ao comércio. Não somente em Rondônia, como em todo o país, este otimismo reflete as expectativas favoráveis no começo deste segundo semestre, compatíveis com a retomada que se espera do desempenho da economia. Além do PIB também as estimativas de vendas e do faturamento comercial superam a casa dos 5%, nível de recuperação que demonstra a força do consumo para estimular o crescimento e que, depois da crise, o brasileiro está voltando aos padrões de consumo normais. 

Mais Sobre Economia

Nova avaliação do Tesouro Nacional mantém Rondônia com nota “A” em capacidade de pagamento; Estado é atrativo para novos negócios

Nova avaliação do Tesouro Nacional mantém Rondônia com nota “A” em capacidade de pagamento; Estado é atrativo para novos negócios

Pelo segundo ano consecutivo, Rondônia conquista a melhor nota referente a Capacidade de Pagamento (Capag). A avaliação é da Secretaria do Tesouro Nac

Empresários do Distrito Industrial de Porto Velho aplaudem a parceria proposta pelo órgão

Empresários do Distrito Industrial de Porto Velho aplaudem a parceria proposta pelo órgão

Dirigentes da Associação do Polo Empresarial de Porto Velho – APEP, saíram satisfeitos da audiência do o Coordenador Regional da Suframa Jorge Otavi

Sebrae lança edital para seleção de agentes de negócios

Sebrae lança edital para seleção de agentes de negócios

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae) acaba de publicar, nesta sexta-feira (17), um edital de seleção para agente

Receita Federal notifica 440 mil micro e pequenas empresas

Receita Federal notifica 440 mil micro e pequenas empresas

Já foram disponibilizados, no Domicílio Tributário Eletrônico do Simples Nacional (DTE-SN), os Termos de Exclusão do Simples Nacional e os respectiv