Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Economia

Impacto fiscal e teto de gastos fazem MPC recomendar a município que acabe com incorporação salarial de cargo em comissão ou gratificação


Impacto fiscal e teto de gastos fazem MPC recomendar a município que acabe com incorporação salarial de cargo em comissão ou gratificação - Gente de Opinião

O Ministério Público de Contas de Rondônia (MPC-RO) expediu recomendações aos Poderes Executivo e Legislativo do município de Corumbiara para que torne extinto o benefício relativo à incorporação, à remuneração dos servidores municipais, de 50% do valor equivalente do cargo em comissão ou da função gratificada exercida por eles a cada oito anos ininterruptos ou dez intercalados.

Nas Notificações Recomendatórias n. 002/2019/GPEPSO e 003/2019/GPEPSO, o MPC salienta que, embora tenha previsão na Lei Orgânica do Município e seja regulamentado por meio de lei complementar, o benefício ofende preceitos legais e constitucionais, assim como implica em repercussão fiscal danosa para as contas públicas da administração municipal.

Sobre isto, o MPC acrescenta que o benefício concedido aos servidores do município, ao longo do tempo, tende a incrementar o gasto com a folha de pagamento de maneira contínua.

Também contribui para reduzir a própria capacidade de incrementar o quadro de pessoal por meio de novas contratações, a fim de atender demandas da população, tendo em vista o teto de gastos com funcionalismo público a que está sujeito o município, nos moldes da legislação vigente.

No caso específico do município de Corumbiara, o Ministério Público de Contas rondoniense ainda chama a atenção para a elevação dos gastos com pessoal registrado nos últimos exercícios, conforme dados encaminhados eletronicamente pela municipalidade ao Tribunal de Contas (TCE-RO).

 

INCONSTITUCIONAL

Outro ponto destacado pelo MPC foi parte do parágrafo 3º do artigo 203 da Lei Orgânica, o qual permite a transferência definitiva de servidor para o quadro de pessoal do município de Corumbiara com o mesmo salário do órgão de origem, desde que de interesse da municipalidade e aprovado por lei municipal.

Tal dispositivo, conforme o Ministério Público de Contas, ofende regra constitucional, já que viola o princípio do acesso a cargos públicos mediante concurso público de provas ou de provas e títulos, além de infringir a Súmula Vinculante n. 43 do Supremo Tribunal Federal (STF).

Desse modo, o órgão ministerial, em suas recomendações, notifica os gestores do município e da Câmara local para que adotem, cada um dentro de sua competência, as medidas necessárias à resolução do caso, ou seja, à extinção da citada incorporação salarial e também

O inteiro teor das notificações também pode está disponível na página eletrônica do Ministério Público de Contas (www.mpc.ro.gov.br), no link “Notificações”.

Mais Sobre Economia

Sebrae apoia realização da CDL de Porto Velho e seus Domingões

Sebrae apoia realização da CDL de Porto Velho e seus Domingões

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Velho (CDL) apresenta os Domingões da CDL, uma iniciativa que prevê promoções em locais estratégicos de gra

7 em cada 10 comerciantes acreditam que as vendas de Natal deste ano serão melhores do que em 2020, revela pesquisa da Serasa Experian

7 em cada 10 comerciantes acreditam que as vendas de Natal deste ano serão melhores do que em 2020, revela pesquisa da Serasa Experian

Após o grande impacto causado pela pandemia da Covid-19, uma pesquisa realizada pela Serasa Experian para medir a expectativa de vendas das micro, peq

Exportação rondoniense soma US$ 1,51 bilhão e alcança grandes mercados internacionais

Exportação rondoniense soma US$ 1,51 bilhão e alcança grandes mercados internacionais

Rondônia se mantém em destaque no nível de exportação. É o que aponta a balança comercial, calculada entre janeiro e outubro deste ano, que está super

Vantagens do “Cidadania Empresarial” são apresentadas pela Sefin; ação do programa acontece nos dias 8 e 9 de dezembro

Vantagens do “Cidadania Empresarial” são apresentadas pela Sefin; ação do programa acontece nos dias 8 e 9 de dezembro

Na sexta-feira (3) a Secretaria de Finanças do Estado (Sefin) realizou uma coletiva de imprensa para divulgar os benefícios da primeira ação do Progra