Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Cultura

Ziraldo lança livro sobre Rondon em Porto Velho


 

Com texto de Cecília Alves Pinto, a Ciça, e ilustrações do cartunista Ziraldo, será lançado na próxima quarta-feira, 23 de novembro, o livro “Rondon – Menino Cândido” destinado ao público infantil e juvenil, contando a história de Cândido Mariano Rondon e como o militar, sertanista e humanista emprestou seu nome para um Estado brasileiro, única das Unidades Federativas a homenagear uma pessoa.Gente de Opinião

No livro, Ciça Alves Pinto resgata a história de Rondon desde o nascimento – aspecto praticamente inédito, já que a maioria das obras sobre o sertanista aborda a fase da vida adulta, quando liderava as missões de implantação da linha do telégrafo Cuiabá – Santo Antônio do Madeira, na pacificação de povos indígenas ou no reconhecimento das fronteiras do Brasil com os países vizinhos.

A iniciativa é da Santo Antônio Energia, responsável pela implantação e operação da Hidrelétrica Santo Antônio, que prossegue com o trabalho de resgate histórico da cultura regional, com a preocupação de devolver à população um legado de conhecimento decorrente da implantação do empreendimento. Além disso, a ação coincide com a proximidade da geração plena da hidrelétrica, que vai produzir energia suficiente para abastecer cerca de 45 milhões de residências.

São três mil exemplares que serão distribuídos gratuitamente para as escolas da rede pública de Porto Velho e para as bibliotecas. O diretor de Comunicação Corporativa da Santo Antônio Energia, Paulo Damião destaca que “a empresa continua investindo em ações que valorizem a cultura regional, pois a Hidrelétrica Santo Antônio é um empreendimento de longo prazo e que já está integrada à história de Rondônia”.

A noite de autógrafos, também com distribuição gratuita de exemplares, terá a presença do escritor, cartunista e ilustrador Ziraldo está programada para a próxima quarta-feira, 23, a partir das 18h30, próximo à praça Calama, do Porto Velho Shopping.


Ziraldo

Ziraldo lança livro sobre Rondon em Porto Velho - Gente de OpiniãoZiraldo Alves Pinto é jornalista, chargista, caricaturista, escritor, teatrólogo e pintor. Ele é mineiro, nascido na cidade de Caratinga. É o mais velho de uma família de sete irmãos. Seu nome nasceu da combinação dos nomes de sua mãe (Zizinha), com o do seu pai (Geraldo).

Começou sua carreira nos anos 50 em jornais e revistas de expressão, como o Jornal do Brasil e O Cruzeiro. A fama começou a vir nos anos 60 com o lançamento da primeira revista em quadrinhos brasileira feita por um só autor: “A Turma do Pererê”. Com outros humoristas fundou O Pasquim. Em 1969 Ziraldo publicou seu primeiro livro infantil: Flicts, que conquistou fãs em todo o mundo e em 1980 lançou o Menino Maluquinho, que foi um fenômeno editorial no Brasil.

Fonte: José Carlos Sá

Mais Sobre Cultura

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Orquestra Villa-Lobos de Porto Velho abre seleção para novos músicos voluntários e com bolsas de incentivo

Aprovado pelo Ministério da Cidadania por meio da Lei Federal de Incentivo `Cultura e com o apoio do SICOOB, O Instituto Cultural Villa-Lobos de Port

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Cultura popular em praça pública de Porto Velho

Apaixonada pelas rimas, com dedicação à poesia e à prosa desde os 7 anos, a poetisa Maria de Nazaré Melo, 52 anos, não poupou elogios ao falar do proj

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Porto Velho: apresentações culturais na Praça Getúlio Vargas são opções de lazer nesse fim de semana

Com uma belíssima iluminação decorativa e apresentações culturais, a Praça Getúlio Vargas tornou-se um dos lugares mais visitados nesse fim de ano em

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio