Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Cultura

Uma equipe do Itaú Cultural chega a Rondônia para a realizar a Caminhada Rumos em Porto Velho

As inscrições para o Rumos 2019-2020 já estão abertas e, como é tradição, equipes do Itaú Cultural começam as suas caminhadas por todas as capitais do país para explicar como funciona o edital e esclarecer dúvidas.


Uma equipe do Itaú Cultural chega a Rondônia para  a realizar a Caminhada Rumos em Porto Velho  - Gente de Opinião

No dia 6 de setembro, das 19h às 21h, o Sesc Esplanada recebe a Caminhada Rumos, formada por Tânia Rodrigues, gerente do núcleo de Enciclopédia, e Marcos Cuzziol, de Inovação. A proposta é apresentar o edital aos artistas, pensadores, pesquisadores, gestores da cidade e interessados no assunto, esclarecer dúvidas e também trocar informações. Criado há 22 anos, o Rumos é um dos primeiros editais do Brasil e o instituto, fundado em 1987, há mais de três décadas fomenta a produção e a difusão de trabalhos de artistas, produtores e pesquisadores brasileiros.

 

A instituição abriu, no dia 3 de setembro, as inscrições para a edição Rumos Itaú Cultural 2019-2020, que devem ser efetuadas exclusivamente pelo site rumositaucultural.org.br até as 23h59 de 18 de outubro – horário de Brasília. Para explicar como funciona, uma equipe do Itaú Cultural percorrerá todas as regiões do Brasil nesta Caminhada Rumos, já tradicional. Até o dia 11 de outubro, terá passado pelas 27 capitais de modo a abranger todos os estados e regiões do Brasil. Porto Velho (RO) é a segunda cidade a ser visitada. A primeira foi Cuiabá (MT). Em todas, os encontros contam com interpretação em Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

 

Sobre o Rumos Itaú Cultural

Um dos maiores editais privados de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

 

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 7 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.

 

Na edição de 2017-2018, os 12.616 projetos inscritos foram examinados, em uma primeira fase, por uma comissão composta por 40 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 21 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição. Foram selecionados 109 projetos, contemplando todos os estados brasileiros.

Mais Sobre Cultura

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

Noite em Homenagem ao Samba no SESC Esplanada

O Dia Nacional do Samba, foi comemorado em todo país na segunda-feira (02) e para celebrar a data com muita alegria e gingado, o que o ritmo proporcio

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

Os alunos da escola Ensina-me a Viver tiveram uma manhã bem diferente na última quinta-feira, na Fundação Cultural de Vilhena (FCV). Curiosos, os pequ

Sandra Castiel lança novo livro

Sandra Castiel lança novo livro

A professora Sandra Castiel, que é membro da Academia de Letras de Rondônia (Acler), lança mais uma obra literária de sua lavra: Amor e Dor – contos

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Em trabalho inédito, Fundação Cultural inicia visita em todas as aldeias indígenas de Vilhena para registro fotográfico da Arte e Cultura de povos locais

Pela primeira vez a Prefeitura de Vilhena irá percorrer todas as aldeias indígenas de Vilhena com o intuito de registrar a produção de Arte e Cultura